Leia também:
X Mulher em coma há 21 anos não é bebê desaparecida, diz polícia

Morte de investidor em bitcoins pode ser queima de arquivo

Policiais também cogitam que a motivação pode ser disputa entre grupos concorrentes de criptomoedas

Paulo Moura - 06/08/2021 10h17 | atualizado em 06/08/2021 11h01

Polícia investiga causa da morte de Wesley Pessano Foto: Reprodução

A Polícia Civil do Rio de Janeiro tem duas hipóteses para a causa da morte do investidor em bitcoins Wesley Pessano, morto a tiros dentro de um carro de luxo na última quarta-feira (4), em São Pedro da Aldeia, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. De acordo com agentes da corporação, uma delas seria queima de arquivo.

Uma força-tarefa que envolve quatro delegacias da região – a 125ª DP, a 126ª DP (Cabo Frio), a 127ª DP (Armação de Búzios) e a 129ª DP (Iguaba Grande) – foi criada para investigar o crime. Os agentes policiais começaram a ouvir testemunhas, como os sócios da Ares Consultoria e Investimentos, da qual Pessano era sócio.

Fontes da corporação informaram que, além de queima de arquivo, a disputa entre grupos concorrentes de criptomoedas também é uma possível motivação para a morte do jovem de 19 anos. O investidor Wesley Pessano dirigia um Porsche Boxster quando foi alvejado. O veículo, avaliado em R$ 440 mil, tinha duas marcas de tiro na lataria.

Já em entrevista ao site Extra, o delegado titular do 125º Distrito Policial (São Pedro da Aldeia), Milton Siqueira Júnior, disse que é cedo para concluir que a morte de Pessano tenha relação com o mercado financeiro. Além disso, o policial afirmou que não é possível dizer se ele estava envolvido em ilegalidades.

– O que é fato: ele estava com um carro de luxo e com um cordão de ouro. Se alguém foi para matá-lo, eles aproveitaram e levaram o cordão que estava no pescoço da vítima – declarou.

Leia também1 Chile confirma terceira dose para vacinados com CoronaVac
2 Fundo Partidário cresceu 5 vezes mais que a inflação em 20 anos
3 Internações por Covid-19 em UTIs caem 38% em três semanas
4 Nomeação de Bruno Bianco para a Advocacia-Geral é oficializada
5 Veja quais deputados votaram contra a PEC do Voto Impresso

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.