Leia também:
X Bolsonaro critica perseguição: “O cara brocha em casa e me culpa”

Moradores retiram 8 corpos de mangue em comunidade no RJ

Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, presenciou intenso confronto entre policiais e criminosos no final de semana

Paulo Moura - 22/11/2021 13h28 | atualizado em 22/11/2021 17h41

Moradores recolheram corpos que estavam em área de mangue Foto: Reprodução/TV Globo

Moradores do Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, retiraram ao menos oito corpos de uma área de mangue, no bairro das Palmeiras, na manhã desta segunda-feira (22). A área presenciou um intenso tiroteio no último final de semana entre a Polícia Militar (PM) e traficantes. No sábado (20), um PM foi morto na região.

– Estes confrontos foram intensos. Foram na área de mangue. É uma área de difícil trânsito. Logicamente, estamos falando de um momento em que marginais estavam no interior da mata fechada – disse o porta-voz da PM, tenente-coronel Ivan Blaz, em entrevista ao Bom Dia Rio, da TV Globo.

O confronto se intensificou após a morte do sargento Leandro Rumbelsperger da Silva, de 38 anos, do 7° Batalhão de Polícia Militar, em São Gonçalo, na manhã de sábado. Leandro morreu após ser atacado a tiros por criminosos durante um patrulhamento em Itaúna, bairro que também faz parte do Complexo do Salgueiro e é vizinho ao das Palmeiras.

Por conta do fato, o Batalhão de Operações Especiais (Bope) foi mobilizado, e os embates entre criminosos e policiais aumentaram. Na manhã de domingo (21), uma idosa chegou a ser atingida no braço por uma bala perdida.

Leia também1 Bolsonaro chega com Maurício Souza no Palácio do Alvorada
2 Mãe de oito crianças está grávida de gêmeos: "Teria mais dez"
3 Bolsonaro sobre eleições: 'Tem 10 produtos; uns 8 estragados'
4 Luciano Hang revela que pensa em se candidatar a cargo político
5 Mourão almeja governo do RJ em 2022 e quer apoio de Bolsonaro

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.