Leia também:
X Malafaia sobre veto de Doria: ‘Nas eleições vamos dar resposta’

Modelo conhecida como ‘Barbie do crime’ se entrega à polícia

Bruna Cristine Menezes de Castro foi condenada por aplicar golpes na internet

Ana Luiza Menezes - 25/02/2021 19h03 | atualizado em 25/02/2021 19h20

Bruna Cristine Menezes de Castro foi acusada de aplicar golpes Foto: Reprodução

Nesta quinta-feira (25), a modelo Bruna Cristine Menezes de Castro, de 30 anos, apresentou-se à Polícia Civil em Goiânia (GO). Um mandado de prisão foi expedido após ela não ter cumprido a pena de prestação de serviços à comunidade nem ter comparecido a audiências depois de ter sido condenada por aplicar golpes na internet.

O delegado Rilmo Braga disse que a modelo foi até a Delegacia Estadual de Capturas (Decap), após um acordo feito na quarta-feira (24) com a polícia. Ela será encaminhada para a Casa do Albergado. As informações são do portal G1.

Conhecida como “Barbie do Crime”, Bruna tinha sido condenada em 2015 a prestar serviços comunitários e ao pagamento de multa de 10 salários mínimos por vender celulares e não entregar os produtos. Durante o julgamento, ela confessou o crime e afirmou que estava arrependida. A modelo também responde por outras denúncias de estelionato no Rio de Janeiro e em Brasília.

Leia também1 Fiscalização contra a Covid-19 interdita culto em Curitiba
2 TJ-SP manda soltar homem que matou esposa por futebol
3 SP: Prefeitura negociará compra de vacina com laboratórios
4 Primeira vacinada na Bahia pega Covid antes de tomar a 2ª dose
5 Magistrado que ofendeu guarda diz que sofre de mal psiquiátrico

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.