Leia também:
X Daniel Silveira cobra ao STF que julgue indulto de Bolsonaro

Miss Paraná 2022 perde título após descobrir que está grávida

Regras do concurso não permitem participantes grávidas, com filhos, casadas ou divorciadas

Thamirys Andrade - 08/08/2022 16h29 | atualizado em 08/08/2022 17h43

Brenda Bernardo da Silva ao lado do namorado, Pedro Henrique Foto: Reprodução / Instagram

A Miss Paraná 2022, Brenda Bernardo da Silva, de 20 anos, perdeu a coroa conquistada em março deste ano em razão de uma gravidez inesperada. O estatuto do concurso estabelece que as misses não podem ter filhos ou a guarda de crianças, tampouco ser ou já terem sido casadas. Assim, Brenda, que é de Sarandi, terá de passar o reinado para a segunda colocada da competição, Milena Goes Ramos, de 21 anos, moradora de Palmital.

A notícia da gravidez foi anunciada por Brenda por meio das redes sociais na última quinta-feira (4). No comunicado, ela relatou que sua gestação está na oitava semana. Segundo Brenda, ela descobriu a gravidez duas semanas antes, mas esperou para compartilhar porque estava processando a novidade, que, para ela, é motivo de grande felicidade.

– Eu estou muito feliz, gente. Vocês não fazem ideia. Depois que passou o susto e caiu a ficha, a felicidade é imensa. E Deus é maravilhoso, Ele não faz nada fora daquilo que a gente possa aguentar e daquilo que a gente possa carregar. Então, estou muito grata – assinalou.

Ela lamentou, contudo, a perda do título de Miss Paraná, mas garantiu que isso não a abalará diante da realização do sonho de ser mãe.

MUDANÇAS NAS REGRAS DO MISS UNIVERSO
As normas do Miss Universo estão atualmente passando por uma revisão. Em anúncio recente, a CEO da competição, Amy Emmerich, revelou que o concurso passará a admitir a entrada de participantes casadas, divorciadas, grávidas ou com filhos. Entretanto, as mudanças só entrarão em vigor a partir da 72ª edição. Segundo Emmerich, a flexibilização das regras faz parte da evolução do Miss Universo.

– No início deste ano, realizamos pesquisas com nosso público e vocês, nossos diretores. O feedback foi esmagador que todos nós acreditamos que as mulheres devem ter controle sobre suas vidas e que as decisões pessoais do ser humano não devem ser uma barreira para seu sucesso. Dados recentes também mostram que a idade média de casamento para mulheres jovens e gravidez pela primeira vez, globalmente começa aos 21 anos. Estamos ansiosos para continuar recebendo ainda mais mulheres aspiracionais em nossa comunidade – declarou Emmerich.

Leia também1 Ana Hickmann sofre acidente doméstico: “Livramento”
2 Huck discursa a favor de carta à democracia, no Domingão
3 Sarah Farias diz que a filha ficou desfalecida: Livramento de Deus
4 Confusão: Show de Henrique e Juliano tem briga generalizada
5 Emoção: Neymar faz gol e presta homenagem a Jô Soares

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.