CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Bolsonaro quer novo aumento no salário mínimo neste ano

Ministro lamenta morte brutal de sobrinha de deputado

"Maníaco de Marituba" violentou e matou a jovem de 20 anos

Camille Dornelles - 14/01/2020 12h06 | atualizado em 14/01/2020 18h53

Jovem Samara Duarte Mescouto, de 20 anos, foi assassinada Foto: Reprodução

Nesta terça-feira (14), o ministro da Educação, Abraham Weintraub, publicou uma mensagem de solidariedade à família do deputado federal Delegado Éder Mauro (PSD-PA), que teve a sobrinha estuprada e morta por um criminoso apelidado de “maníaco de Marituba”.

Nesta segunda-feira, a Polícia Civil do Pará confirmou que a sobrinha do deputado foi a quinta vítima identificada. A jovem de 20 anos Samara Duarte Mescouto estava desaparecida desde sexta-feira (10).

O corpo da jovem foi encontrado em uma zona de mata neste domingo (13). Além dela, outras quatro mulheres foram roubadas, estupradas e agredidas entre os dias 4 e 11 de janeiro. Elas informaram à polícia que foram atraídas por uma proposta de emprego pelas redes sociais. Uma adolescente de 17 anos foi encontrada na zona de mata com lesões graves e foi internada no Hospital Metropolitano de Ananindeua.

Abraham Weintraub lamenta assassinato brutal de jovem Foto: Reprodução

O suspeito é um adolescente de 17 anos que, por ser menor de idade, não teve o nome revelado pela polícia. Ele foi preso na cidade de Marituba, Região Metropolitana de Belém, no Pará, neste domingo, após um trabalho de buscas da Polícia Civil.

DESABAFO DO DEPUTADO
O deputado federal Delegado Éder Mauro desabafou sobre a tragédia. Ele ajudou nas buscas na zona de mata pela adolescente de 17 anos, a pedido da família dela, e “deu de cara” com o suspeito, como explicou.

– Tem que prender ele e passar o c* nele, que era o que ele merecia! Quando vem um bando de f* da p* proteger esses caras, criar lei de abuso de autoridade, fazer com que nós policiais, juízes e tantos outros que fazemos justiça neste país ter que se calar (sic), amarrar as mãos, e não poder “definir” na rua um bandido desse… Isso era o que ele merecia em nome dessa garota de 20 anos, das que estão lá no hospital e das que ainda estão desaparecidas – desabafou ao jornalista Marcus Pimenta.

O parlamentar também agradeceu pelas mensagens de apoio que a família tem recebido.

– Exercer a missão de contribuir com a valorosa Polícia Civil do Pará na prisão do acusado é um alento, neste momento, porque impede que outras famílias passem pela mesma dor de perder um ente querido de forma cruel e desumana. Queria agradecer a todas as mensagens de apoio que venho recebendo, no momento oportuno retornarei a vocês. Neste momento me reservo a cuidar da minha família. Muito obrigado a todos! – declarou no Twitter.

Desabafo do Delegado Éder Mauro sobre a tragédia Foto: Reprodução

Leia também1 Menina morre de fome após ser deixada sozinha pela mãe
2 Flordelis: "Muitas coisas serão esclarecidas no próximo ano"
3 Brasil conclui o ano com quase 7 mil homicídios a menos

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo