Leia também:
X Fora do Brasil, Jean Wyllys vai dar aulas na Espanha

MG: Tragédia tem 34 mortos e mais de 200 desaparecidos

Governo de Minas Gerais decretou luto de três dias

Rafael Ramos - 26/01/2019 17h40 | atualizado em 28/01/2019 10h56

No fim da tarde deste sábado (26), os Bombeiros divulgaram que o número de mortos em Brumadinho chegou a 34. A lista com desaparecidos soma mais de 200 nomes. Na listagem da Vale constam funcionários e prestadores de serviço.

Nesta sexta-feira, o rompimento de uma barragem da Vale na região de Minas Gerais espalhou lama pela localidade. As buscas por sobreviventes neste sábado contam com 13 aeronaves.

O governo de Minas Gerais decretou luto de três dias. A cidade recebeu reforços de São Paulo e Rio de Janeiro para ajudar nas buscas.

A Secretaria de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável de Minas Gerais determinou a suspensão imediata de todas as atividades da mineradora. A aldeia Pataxó Hã-hã-hãe foi evacuada após o rompimento da barragem.

O Conselho Indigenista Missionário (Cimi) confirmou que 25 famílias que viviam na aldeia foram levadas para a parte mais alta do município de São Joaquim de Bicas.

Leia também1 Barragem: Presidente da Vale fala em 'tragédia humana'
2 Promotor comenta desastre ambiental em MG
3 Bolsonaro diz que acidente poderia ter sido evitado

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.