Leia também:
X Jovem é achada morta em motel; polícia apreende R$ 21 mil

Menino que matou amigo a faca diz que se defendeu de agressão

Criança de 10 anos está sendo acompanhada pelo Conselho Tutelar de SP

Thamirys Andrade - 11/01/2023 16h55 | atualizado em 11/01/2023 17h19

Caio Lucas, vítima da facada, desferida em São Paulo Fotos: Reprodução / Redes sociais

O menino de 10 anos que matou o amigo, de 11, com uma facada no peito, em Franco da Rocha (SP) nesta segunda-feira (9), disse à polícia que desferiu o golpe a fim de se defender. Em relato ao lado da mãe e do Conselho Tutelar, ele contou ter sofrido agressões dos outros garotos enquanto brincavam em uma laje da vizinhança.

Segundo apuração do portal G1, a criança narrou ter fugido até sua residência logo após o suposto ataque e se trancado. Os demais meninos, porém, o teriam seguido e batido à porta.

A fim de se defender, o garoto teria pegado uma faca na pia de sua cozinha e ferido uma das crianças. Ele alega que não tinha a “intenção de matar”, nem possuía “noção das consequências” que seus atos poderiam gerar.

A vítima, chamada Caio Lucas, foi atingida no peito e não resistiu, morrendo nos braços da irmã antes que o socorro chegasse, de acordo com relato de sua mãe, Maria Elaine Gomes Bezerra, ao portal R7.

Após a tragédia, a polícia localizou o autor da facada e apreendeu a arma branca. O caso foi registrado como morte suspeita/acidental em razão da falta de uma “tipificação adequada” para a situação.

A Prefeitura disse, em nota, que o menino responsável pela facada e sua família foram “encaminhados ao programa de proteção a crianças e adolescentes ameaçados de morte (PPCAM), em virtude do alto risco de sofrerem represálias”.

– O conselho tutelar e as equipes de atendimento social e de saúde da prefeitura seguirão acompanhando ambas as famílias com o suporte que se fizer necessário – assegura a nota.

Leia também1 Mãe de menino morto a facada: "Ele morreu nos braços da irmã"
2 Menino de 10 anos mata amigo de 11 com facada após briga
3 Marinha demite capitão por participação em atos políticos
4 Professor é preso suspeito de abusar de 14 crianças em escola
5 Delegado do caso Marielle é novo superintendente da PF no RJ

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.