Leia também:
X Marco Aurélio sobre discurso de posse de Moraes: “Agressivo”

Menino morre esfaqueado após tentar defender a mãe

Criança morreu após ser esfaqueada em meio a uma briga entre a mãe e o padrasto

Paulo Moura - 17/08/2022 11h51 | atualizado em 17/08/2022 12h06

Menino foi morto pelo padrasto Foto: Reprodução/Arquivo pessoal

Um menino de 8 anos de idade morreu na noite desta terça-feira (16) em Embu das Artes, na Região Metropolitana de São Paulo, ao tentar defender a mãe em uma briga com o padrasto dele. O homem de 23 anos, apontado como o autor do crime, foi preso.

Segundo informações de testemunhas, o padrasto da criança não aceitava o fim do relacionamento com a mãe do menino e teria ameaçado a mulher com uma faca. Grávida, ela tentava se mudar de casa na companhia dos dois filhos: de 8 e 1 ano de idade.

Durante a briga, a criança tentou defender a mãe, mas acabou sendo esfaqueada. Em seguida, a mãe também foi ferida. A criança foi levada ao Pronto-Socorro de Embu das Artes com a ajuda de vizinhos, mas não resistiu aos ferimentos e morreu. Já a mãe teve a perna quebrada e, após ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros, foi levada a um hospital em Itapecerica da Serra, em São Paulo.

O padrasto do menino chegou a fugir, mas foi localizado pela Polícia Militar. Ele foi preso em flagrante por homicídio na noite de terça, em Embu das Artes. O homem está preso na delegacia da cidade.

Leia também1 IBGE: Pandemia gerou recorde de demissões e falências
2 Marco Aurélio sobre discurso de posse de Moraes: "Agressivo"
3 Bolsonaro não aplaude defesa de Moraes ao sistema eleitoral
4 Michelle cresce nas redes e supera Lula, Janja, Ciro e Tebet
5 "Quem colocou uma bala real na pistola?", questiona Baldwin

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.