Leia também:
X CCJ da Câmara analisará PL para “enquadrar” ministros do STF

Menina deficiente intelectual tenta cortar o próprio pescoço após estupro

Agressor sexual é um idoso de 68 anos

Gabriela Doria - 03/05/2021 17h26 | atualizado em 04/05/2021 10h52

Idoso de 68 anos foi preso por estuprar menina de 12 anos com deficiência intelectual Foto: Divulgação/Polícia Civil de Goiás

Uma menina de 12 anos tentou cortar a própria garganta com uma faca após ser violentada por um idoso de 68 anos, em Iporá, no Oeste de Goiás. De acordo com a Polícia Civil, o abuso aconteceu no dia 13 de abril, e, desde então, a vítima, que tem deficiência intelectual, tentou o suicídio duas vezes. O idoso foi preso nesta segunda-feira (3).

– Após o estupro, a criança tentou cortar seu próprio pescoço com uma faca, por duas vezes, e disse aos seus pais que deseja morrer – disse o delegado Igor Dalmy Moreira, Titular da Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) de Iporá, ao portal Metrópoles.

De acordo com Moreira, a menina foi aliciada pelo criminoso no momento em que ia a pé para a casa da avó.

– Na tarde de 13 de abril, a menina caminhava até residência de sua avó, quando foi aliciada pelo indiciado. […] Ele a levou até o banheiro de sua casa, onde disse que amava a menina e queria se casar com ela. Em seguida, ignorando o choro e os gritos da criança por socorro, ele a estuprou no banheiro e no quarto – disse Moreira.

Após cometer os abusos, ele ainda teria tentado “compensar” a criança.

– Depois dos atos, ele deu dois reais para a vítima e disse para ela comprar balinhas, dispensando-a do local – relatou Moreira.

PRÓXIMO DA FAMÍLIA
A investigação descobriu que o homem já foi casado com uma tia da criança e que se aproveitou dessa proximidade para frequentar a casa da família da vítima.

Moreira disse que, há 30 anos, o agressor sexual já tinha perseguido e tentado estuprar uma outra tia da vítima que, na ocasião, era adolescente.

– Essa tia decidiu fugir de Iporá para o estado de Minas Gerais, aos 14 anos de idade, a fim de fugir do mesmo agressor. Acredito que o preso possui fixação sexual por crianças dessa família – acrescentou.

Leia também1 MG: Jovem é detido suspeito de abusar sexualmente de criança
2 No Ceará, criança e adolescente são vítimas de estupro coletivo
3 PF cumpre busca e apreensão contra pedófilos no Pará
4 Jovem de 16 anos é estuprada por oito em praia de PE
5 MG: Menina revela que sofreu estupro de tio e de ex-padrasto

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.