Leia também:
X Laura faz 10 anos de idade neste domingo e Bolsonaro parabeniza

Médico deixa criança raspar seu cabelo após cirurgia no cérebro

Neurocirurgião Caio França prometeu ao menino Pedro que também cortaria o cabelo

Paulo Moura - 18/10/2020 11h53 | atualizado em 18/10/2020 12h37

O neurocirurgião Caio e o paciente Pedro com os cabelos cortados Foto: Arquivo Pessoal

Empatia. Essa palavra de apenas sete letras pode ter um significado muito importante na trajetória de pessoas que passam por momentos difíceis na vida e buscam força para superá-los, especialmente se esse for o caso de uma criança de apenas oito anos.

Pois é, a empatia narrada acima foi praticada pelo neurocirurgião Caio Nuto França, de 28 anos, que prometeu ao pequeno Pedro Cardozo dos Santos, 8 anos, que cortaria o cabelo caso o menino tivesse que raspar a cabeça durante uma cirurgia para retirada de um tumor no cérebro.

E a promessa do médico do Hospital do Mandaqui, na Zona Norte de São Paulo, foi cumprida da forma mais espontânea possível, já que foi o próprio paciente quem cortou o cabelo do médico. A cena foi registrada por Caio em suas redes sociais e o momento logo viralizou nas redes.

 

Ver essa foto no Instagram

 

O pequeno Pedro, de 8 anos, passou por uma cirurgia no cérebro e precisou raspar o cabelo. Seu neurocirurgião disse que também rasparia o cabelo caso Pedro precisasse ficar careca. E assim foi. 😢 Feliz Dia do Médico para todos os profissionais!

Uma publicação compartilhada por Pleno.News (@plenonews) em

Nas imagens é possível ver o menino aos risos passando uma máquina no cabelo do médico. A publicação gerou uma série de comentários positivos, de esperança e demonstração de empatia. Em uma outra postagem, Caio deixa Pedro pintar em sua cabeça o que seriam cicatrizes similares a que ele teve por conta da cirurgia.

– Pedrão, vou ficar igual a você. Vai, pinta de novo. Caramba, Pedrão, você fez a cicatriz melhor que o neurocirurgião, mostra a tua – diz o médico na gravação.

Caio contou que Pedro precisou passar por dez cirurgias em apenas quatro meses em razão de um tumor que era benigno, mas com comportamento maligno. Apesar dos momentos difíceis, Caio fez questão de destacar que a criança é “especial”.

– Ele é uma criança muito especial, por todo tempo que ele ficou internado ele nos dava uma aula de como lidar com uma doença grave e como lidar com esse momento de dor com uma forma alegre, muito leve. Ele me fez evoluir muito como médico – declarou Caio.

A mãe de Pedro, Eliana, disse que o filho sempre foi otimista e que nunca duvidou de que Deus o ajudaria durante o processo. O pequeno já teve alta e retornou para casa.

– Ele sempre falou que Deus o ajudaria. Ele me disse: ‘mãe, não se preocupa que Deus me ajudou nas outras dez cirurgias e vai me ajudar nessa também’ – completou Eliana.

Leia também1 Laura faz 10 anos de idade neste domingo e Bolsonaro parabeniza
2 Bolsonaro faz visita surpresa e "inaugura" salão de beleza em SP
3 Mandetta quis atirar em filhos de Bolsonaro, diz ex-assessor
4 Sem consenso, MP do Mandante não é votada e perde a validade
5 Michelle Bolsonaro visita lar que acolhe crianças e adolescentes

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.