Leia também:
X Flordelis lamenta a morte da cunhada e diz orar pela sogra

Marinha investiga 30 navios em busca da origem do óleo

Há também possibilidade do vazamento estar relacionado navios sem identificação

Paulo Moura - 22/10/2019 13h54

O comandante da Marinha, almirante Ilques Barbosa Júnior, afirmou nesta terça-feira (22) que a investigação sobre a origem do vazamento de óleo que atinge a costa do Nordeste está focada em cerca de 30 navios, provenientes de dez países, que passaram perto da costa brasileira.

O almirante diz, porém, que não descarta a possibilidade de um dos outros 970 navios identificados pela Marinha ter envolvimento com o caso. Há, além disso, a possibilidade de ser um navio sem identificação, os “dark ships”.

– Vamos continuar até onde for necessário. Se demorar 200 anos, vamos ficar 200 anos nisso até achar – afirmou.

Barbosa Júnior também afirmou que não há indícios de que o vazamento de óleo que atinge as praias do Nordeste tenha envolvimento do governo ou de indústria venezuelana.

– O que se sabe pelos cientistas é que o petróleo é de origem venezuelana, não quer dizer que houve em algum momento, e não houve isso, envolvimento de qualquer setor responsável tanto no público quanto no privado na Venezuela – afirmou, depois de encontro com o presidente interino Hamilton Mourão.

*Folhapress

Leia também1 Ministros visitam Pernambuco para tratar do óleo nas praias
2 Salles: "Governo não vai gastar um minuto com polêmica"
3 Greenpeace não limpa praias por não ter "equipamentos"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.