Leia também:
X Em tributo à Marília, Domingão com Huck mostra Faustão

Advogado de Marília foi quem reconheceu o corpo: “Choque”

"Foi muito triste e impactante olhar aquilo tudo", disse Maurício Carvalho

Pleno.News - 07/11/2021 20h27 | atualizado em 08/11/2021 11h16

Marília Mendonça Foto: Leo Franco /Agnews

Maurício Carvalho, advogado de direitos autorais da Workshow, empresa que agenciava Marília Mendonça, foi quem se disponibilizou a ir ao Instituto Médico Legal (IML), na última sexta-feira (5), para reconhecer os corpos das vítimas do acidente que matou a cantora e outras quatro pessoas.

No sábado (6), ele também esteve no local do acidente para recolher alguns objetos. Aos jornalistas, Maurício falou sobre a dor que sentiu pela perda e listou alguns itens recolhidos.

– Quando chegamos lá, encontramos passaportes, documentos, celulares ainda recebendo mensagens, iPads, a sandália dela, roupas…. Foi muito triste e impactante olhar aquilo tudo, as roupas. Colocamos dentro do nosso avião e trouxemos conosco. O resto está sendo catalogado pela polícia para ser entregue às famílias – declarou.

O advogado lembrou ainda do choque por saber que Marília era uma das vítimas fatais.

– Só foi o tempo de passar no meu apartamento para pegar minhas coisas e partir. Pousamos na cidade mais próxima e percorremos 150 quilômetros até o local do acidente. Fui chorando daqui até lá. Me emocionei muito. Sou pai, lembrava do Léo [filho de Marília], imaginava: “E se fossem minhas filhas?”. Fiquei em choque, era tudo muito inacreditável.

Maurício confirmou que um caderno da sertaneja foi encontrado molhado no avião. Somente quando as folhas secarem será possível saber no caderno existem letras de músicas inéditas.

Carvalho explicou que as músicas de Marília e outros assuntos relacionados à carreira da cantora serão conduzidos pela família dela.

– É muito cedo para raciocinar. Ela tem muita coisa lançada, além de grande cantora e intérprete, é uma compositora de obra vasta, tem músicas gravadas por alguns dos principais artistas do Brasil. Deixa um vasto material. Agora, os familiares terão que entender de que modo tratar a obra dela. E terão toda a assessoria.

Leia também1 Raphinha faz gol e homenageia Marília, mas erra: 'Mendonsa'
2 Marília começou cantando Cassiane e Aline Barros na igreja
3 Legista fala de politraumatismo em acidente com Marília
4 Simaria é criticada na web por entrevista sobre Marília
5 Marília ultrapassa Adele e é a mulher mais ouvida no Spotify

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.