CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Em artigo, Mourão pede respeito aos limites no Brasil

Maio Laranja visa combater o abuso sexual infantil

Iniciativa quer conscientizar e informar a população

Mayara Macedo - 14/05/2020 13h31 | atualizado em 14/05/2020 13h32

Maio Laranja Foto: Reprodução

Você já deve ter notado que diversos perfis nas redes sociais colocaram na foto uma imagem da cor laranja. O motivo não poderia ser mais nobre: o projeto é para conscientizar sobre a campanha Maio Laranja, mês que é dedicado as ações para combater o abuso sexual infantil.

De acordo com o perfil oficial do Maio Laranja, do ano de 2011 ao de 2017, aconteceram 141,105 mil casos de violência sexual contra crianças e adolescentes. Os dados são do Boletim Epidemiológico 2018, do ministério da Saúde.

Dados divulgados pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos revelaram que, em 2019, foram registradas 11 mil denúncias de violação sexual contra crianças de 0 a 3 anos. Entre as formas de violência sexual mais frequentes estão o abuso e a exploração sexual.

– A infância é uma das fases mais importantes do desenvolvimento humano. É nela que temos nosso primeiro contato com o mundo e aprendemos a nos relacionar conosco e com as pessoas ao redor. É importante protege-lá. Um evento traumático nesta fase pode ser determinante para a fase adulta – diz o perfil oficial da campanha.

A iniciativa propõe a defesa da criança e do adolescente, auxílio e suporte para as vítimas do abuso sexual, inclusive adultos que passaram por essa experiência negativa na infância. Para isso, o perfil oficial da ação indica 4 pilares para a conscientização: compreensão, descortino, informação e percepção.

DENUNCIE
Para denunciar casos de abuso sexual contra menores basta ligar para o número 100, acessar o aplicativo Direitos Humanos Brasil ou a ouvidoria do ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos.

Leia também1 Menina que troca máscara por comida no RJ gera comoção
2 Campinas adota rodízio de veículos pela primeira vez

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo