Leia também:
X PF viu crime de Bolsonaro ao “vazar” inquérito sobre o TSE

Mãe é presa por estuprar e ‘negociar’ filhas de 4 e 8 anos

Mulher gravava vídeos "preparando" as filhas para o abuso sexual

Pleno.News - 28/01/2022 18h41 | atualizado em 28/01/2022 20h26

Polícia prendeu mãe que abusava e negociava as próprias filhas Foto: Divulgação/Polícia Civil de Goiás

A Polícia Civil de Goiás prendeu a mãe de duas crianças, de 4 e 8 anos, e um homem por abusarem sexualmente das meninas. O caso ocorreu em Trindade, na Região Metropolitana da capital goiana. A prisão ocorreu nesta sexta-feira (28).

A investigação apontou que a mulher costumava abusar das duas filhas com os dedos para “prepará-las” para os estupros cometidos pelo cúmplice. A filha mais velha já era abusada pelo homem, e a mais nova vinha sendo “negociada” para o mesmo intuito.

A mulher, de 27 anos, deixava o homem, de 53, abusar das filhas em troca de drogas. Ele foi identificado como Cleiber Alves Ferreira. Apesar da experiência nesses casos, a Polícia Civil classificou o crime como “estarrecedor”.

MENSAGENS TROCADAS
A apreensão dos celulares dos suspeitos indicou que, além de permitir e praticar o estupro contra a filha mais velha, que começou a ser abusada aos 7 anos, a mãe também estava negociando os abusos contra a filha.

Uma das ambições de Cleiber era ter relações sexuais com a caçula, de 4 anos. Segundo a polícia, a própria mãe já abusava da menina com os dedos para “prepará-la” para o estuprador. No entanto, a polícia afirmou que o homem não chegou às vias de fato com a menina.

A perícia do telefone da mulher identificou vários vídeos de sexo explícito entre a menina mais velha e o homem.

– Tava vendo o vídeo. E acho que posso ir direto, ela aguenta sim. Seu dedão entrou quase tudo. O que acha ? – disse o homem em mensagem para a mãe da criança.

ESTUPRADOR FICHADO
A Polícia Civil informou que Cleiber já havia sido acusado de estupro de vulnerável contra a filha de uma amiga, em agosto de 2021.

A polícia decidiu identificar o agressor publicamente para que outras vítimas possam denunciá-lo.

Leia também1 Mulher é presa por prostituir filha de 4 anos em troca de R$ 50
2 Homem acusado de estuprar quatro filhas é espancado
3 Mulher que matou filha para encobrir estupro é condenada
4 Garota de 13 anos realiza próprio parto sozinha após ser estuprada
5 Violência: Jovem mata morador de rua e estupra cadáver

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.