Leia também:
X Em discurso, general afirma: ‘Minha espada não tem partido’

Mãe e Jairinho jogaram celular pela janela na hora da prisão

Polícia busca novas provas do crime

Pierre Borges - 08/04/2021 15h26 | atualizado em 08/04/2021 18h41

Jairinho foi preso no Rio de Janeiro pela morte do menino Henry Borel Foto: Reprodução/TV Globo

A Polícia Civil do Rio de Janeiro informou que o casal Monique Medeiros e Dr. Jairinho, mãe e padrasto do menino Henry, teriam tentado descartar seus celulares antes de serem presos na manhã desta quinta-feira (8).

– Quando nós adentramos na residência, eles tentaram se desfazer dos celulares atirando-os pela janela. Obviamente, nós conseguimos resgatar esses celulares, mas houve uma tentativa de dispensá-los – afirmou a delegada assistente da 16ª DP, Ana Carolina Medeiros.

A prisão do casal aconteceu na casa de uma tia do vereador, em Bangu, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Os celulares, após serem resgatados, foram apreendidos pela polícia, que já estava com outros 11 aparelhos, recolhidos com mandados de busca e apreensão envolvendo Jairinho, Monique e Leniel Borel, o pai de Henry.

– Conseguimos apreender os telefones celulares deles e os computadores portáteis. Um dos áudios que foram disponibilizados, especificamente no telefone da mãe [do menino], nós encontramos prints de conversas que foram, com certeza, uma prova extremamente relevante – disse o delegado Henrique Damasceno, responsável pelas investigações.

A polícia descobriu que a babá da criança já havia informado claramente à mãe pelo menos sobre uma das agressões que Henry sofreu de Jairinho: uma rasteira seguida de chute.

– Esses prints eram de quase um mês antes do crime; extraídos dia 12 de fevereiro, de acordo com o laudo pericial. E o que chamou atenção era que, na verdade, era uma conversa entre ela (a mãe) e a babá, e ali ficava revelado uma rotina de violência que o Henry sofria – afirmou o delegado.

Leia também1 Web se revolta com caso Henry e dispara: "Filho é intocável"
2 Polícia diz não ter dúvidas sobre autoria da morte de Henry
3 Jairinho e Monique responderão por homicídio e tortura
4 Babá narrou à mãe tortura de Jairinho a Henry. Veja os prints!
5 Defensoria da União intima João Doria a responder sobre vacinas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.