Leia também:
X O que se sabe até agora sobre os hackers de Sergio Moro

Mãe do pastor Anderson fala de Flordelis: “Não tenho nora”

Dona Maria Edna prestou depoimento sobre o caso por mais de três horas

Camille Dornelles - 24/07/2019 15h53 | atualizado em 24/07/2019 17h02

A mãe do pastor Anderson do Carmo, Maria Edna Virginio do Carmo Oliveira, prestou depoimentos à polícia sobre a morte do filho nesta quarta-feira (24). A sessão com a delegada do caso, Bárbara Lomba, durou mais de três horas.

O advogado afirmou que é natural a duração do depoimento, já que se trata da mãe.

– Depoimento positivo, mas está sob sigilo. Ela (dona Maria Edna) compareceu espontaneamente. Eu a coloquei à disposição, a delegada marcou a sessão para este dia e nós viemos. O depoimento foi longo, claro, porque é a mãe, né? – declarou aos jornalistas na porta da delegacia.

Dona Maria Edna também se manifestou. Aos repórteres, foi taxativa quando perguntada sobre a deputada federal Flordelis.

– Esqueça de minha nora, porque ela não é minha nora. Quem é nora não faz isso. Está morta. Não quero nenhum contato com ela, nem um pouco. E está tudo bem – declarou.

A aposentada de 64 anos não especificou o que quis dizer com “isso”, mas falou sobre a saudade do filho.

– Muita saudade, tristeza e angústia. Foi um pedaço que arrancaram de dentro de mim. Só quero a Justiça, só isso. Que os culpados sejam presos – atestou.

A mãe foi acompanhada da filha Michelle, que estava vestindo uma camiseta com o rosto do pastor Anderson. Ela foi sucinta e declarou que só quer a Justiça.

Leia também1 Advogados de Flávio, filho de Flordelis, negam saída do caso
2 Mãe do pastor Anderson chega para depor com advogado
3 Filho de Flordelis e Anderson: "Dói muito, ela é minha mãe"
4 Flordelis justifica ausência em homenagem a pastor

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.