Leia também:
X Barroso ‘manda’ presidente do Senado instaurar a CPI da Covid

Monique e Jairinho são levados para cadeias em Bangu e Niterói

A dupla vai responder por homicídio e tortura

Ana Luiza Menezes - 08/04/2021 19h59 | atualizado em 09/04/2021 12h24

Monique Medeiros e o vereador Dr. Jairinho serão indiciados por tortura e homicídio duplamente qualificado Foto: Agência O Globo/Brenno Carvalho

No fim da tarde desta quinta-feira (8), Monique Medeiros, mãe do menino Henry Borel, e o vereador Dr. Jairinho (Solidariedade) foram levados para cadeias no estado do Rio de Janeiro.

Monique foi encaminhada para o Instituto Penal Ismael Sirieiro, em Niterói, na Região Metropolitana. Já o vereador foi para o presídio Pedrolino Werling de Oliveira, no Complexo de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio.

Por causa da pandemia do novo coronavírus, os dois terão que cumprir isolamento social inicial de 14 dias, como acontece com todas as pessoas que são presas, de acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap).

A triagem (entrada no sistema prisional) do casal aconteceu na Cadeia Pública José Frederico Marques, em Benfica, na Zona Norte da capital fluminense.

Os dois foram detidos em Bangu, na manhã desta quinta. Eles também prestaram depoimento na 16ª DP (Barra da Tijuca), que investiga o caso, e fizeram exame de corpo de delito antes de serem levados para a prisão.

Dr. Jairinho e Monique foram presos por indícios de homicídio duplamente qualificado, com emprego de tortura e sem chance de defesa para a vítima, por atrapalharem as investigações e por ameaçarem testemunhas para combinar versões.

O menino Henry morreu no dia 8 de março.

Leia também1 Dr. Jairinho foi o 28º vereador mais votado do Rio em 2020
2 Caso Henry: MMFDH pede União pela proteção das crianças
3 Maria Beltrão chora ao noticiar caso Henry, e colegas intervêm
4 Partido Solidariedade decide expulsar Dr. Jairinho da sigla
5 Sob gritos de 'assassino', Jairinho leva tapa ao deixar delegacia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.