Leia também:
X Doria corta na Saúde e aumenta em publicidade na verba de 2021

Justiça ordena fechamento de hotéis e praias em Búzios, no RJ

Estabelecimentos terão 72 horas para desocupar os quartos que já estão preenchidos

Paulo Moura - 17/12/2020 09h56 | atualizado em 17/12/2020 11h56

Justiça determinou fechamento de hotéis e praias em Búzios Foto: MTur/Thiago Freitas

A Justiça do Rio de Janeiro determinou que, a partir desta quinta-feira (17), hotéis, pousadas e outros meios de hospedagem em Búzios sejam fechados, por conta do aumento do número de casos de Covid-19 e da ocupação de leitos hospitalares no município. Segundo a decisão, os hotéis terão 72 horas para desocupar seus quartos, e novas reservas estão proibidas.

A sentença judicial também vai afetar as praias do famoso município turístico fluminense, que devem ser fechadas. Apenas moradores e pessoas que trabalhem em Búzios poderão entrar na cidade. A Prefeitura de Búzios informou que seguirá a determinação judicial enquanto analisa um eventual recurso.

Outra determinação diz respeito aos restaurantes, que só poderão funcionar com entregas. A Justiça autorizará apenas o comércio essencial (como mercados, farmácias, lojas de animais) a seguir funcionando, ainda assim limitando o acesso de consumidores a 30% da capacidade das lojas.

Leia também1 Doria corta na Saúde e aumenta em publicidade na verba de 2021
2 Presidente francês Emmanuel Macron testa positivo para Covid
3 Casa Branca diz que Pence e esposa serão vacinados na sexta
4 Presidente eleito Joe Biden será vacinado na próxima semana
5 STF: Relator defende medida restritiva para obrigar vacinação

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.