Leia também:
X “Posso sair fora das 4 linhas da Constituição, mas não devo”

Justiça nega liberdade ao ex-vereador Dr. Jairinho

Juíza também rejeitou outros pedidos que a defesa do político tinha apresentado

Pleno.News - 23/06/2022 18h38 | atualizado em 24/06/2022 10h12

Ex-vereador Dr. Jairinho Foto: Agência O Globo/Guito Moreto

Nesta quarta-feira (23), a juiza Elizabeth Louro, da 2ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ), negou o pedido de revogação da prisão preventiva do ex-vereador Dr. Jairinho. A magistrada também rejeitou outros pedidos que a defesa do ex-parlamentar tinha apresentado durante a audiência em que ele foi ouvido na semana passada. As informações são do UOL.

Entre os pedidos rejeitados pela juíza estava a realização de uma reprodução simulada no hospital Barra D’Or, para onde o menino Henry Borel foi levado no dia em que morreu.

A magistrada disse que a defesa de Jairinho já tinha pedido um habeas corpus para ele, após sua ex-companheira Monique Medeiros, mãe de Henry, passar para prisão domiciliar. Ela negou ainda uma oitiva de novas testemunhas, como médicas, uma enfermeira e um radiologista que participaram do atendimento a Henry no Barra D’Or, bem como dos auxiliares de necropsia do Instituto Médico-Legal (IML) que foram responsáveis por fotografar o corpo do menino.

O pedido das imagens das câmeras de segurança da unidade de saúde também foi recusado pela Justiça.

Henry morreu em março de 2021. Segundo laudos periciais, o garoto tinha 23 lesões no corpo e morreu em decorrência de hemorragia interna e laceração no fígado causada por ação contundente.

Jairinho foi preso preventivamente em abril de 2021. Em dezembro do mesmo ano, ele teve seu mandato cassado.

Leia também1 Bolsonaro sanciona Lei Henry Borel, que protege menores
2 Caso Henry Borel: MP recorre da decisão que soltou Monique
3 Mãe de Henry Borel, Monique Medeiros deixa o presídio no Rio
4 Leniel: "Monique é tão culpada pelos crimes quanto o Jairo"
5 Justiça concede liberdade para Monique, mãe de Henry Borel

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.