Leia também:
X Câmara adia e discussão sobre Flordelis será na quarta-feira

Justiça liberou quase 60 mil presos ao longo da pandemia

Informação consta em levantamento feito pelo Departamento Penitenciário Nacional

Paulo Moura - 27/10/2020 10h10 | atualizado em 27/10/2020 10h26

Justiça já liberou quase 60 mil presos na pandemia Foto: Pixabay

O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) informou ao Supremo Tribunal Federal (STF) que, durante a pandemia, juízes já enviaram para casa 59.375 presos que pertencem a grupos de risco da Covid-19. Os números foram divulgados nesta terça-feira (27) pelo site O Antagonista.

Segundo a publicação, um levantamento do próprio órgão, concluído no mês de dezembro do ano passado, informava que havia, no máximo, 40 mil presos idosos ou com comorbidades. A diferença do total, segundo o Depen, é devido ao fato de quem um mesmo preso pode possuir mais de uma comorbidade.

– É possível que os números sejam menores, pois um mesmo preso pode possuir mais de uma comorbidade ou acumular o fator idade – ressalta o departamento.

As solturas foram permitidas por meio de uma resolução de março, proposta por Dias Toffoli e aprovada no mesmo mês no CNJ, que orienta juízes a conceder prisão domiciliar para presos mais vulneráveis à doença. A manifestação do Depen foi feita dentro de ação da Defensoria Pública da União que busca obrigar a soltura de presos de grupos de risco que estejam em prisões lotadas.

Leia também1 Covid: Milhares de pessoas vão às ruas na Itália contra restrições
2 Supremo tende a ser favorável à vacinação obrigatória
3 Médium João de Deus está internado em estado grave
4 Covid: Camarim da CNN pode ter sido responsável por propagação
5 46,9% prefere esperar resultado de eficácia antes de se vacinar

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.