Leia também:
X Moro é hostilizado em feira de Curitiba: “Vai pra São Paulo!”

Justiça do Rio nega habeas corpus ao modelo Bruno Krupp

Defesa acionou o plantão judiciário com pedido de habeas corpus, mas juiz encaminhou pedido para outra vara

Gabriel Mansur - 07/08/2022 16h28 | atualizado em 08/08/2022 12h51

Bruno Krupp Foto: Reprodução

A defesa do modelo Bruno Krupp teve um pedido de habeas corpus negado pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. A solicitação foi rejeitada neste domingo (7), um dia após o modelo, suspeito de atropelar e matar o adolescente João Gabriel Cardim Guimarães, de 16 anos, ser transferido do hospital para a Unidade de Pronto Atendimento de Bangu, na Zona Oeste do Rio.

Na petição, os advogados alegaram que a vítima havia atravessado a avenida fora da faixa de pedestre. Acrescentam também que o pedido de prisão preventiva teria se baseado em “vídeos da internet”.

– A hipótese em tela veicula pedido para o qual não se presta o Plantão Judiciário, nem tampouco entrevê a imprescindível nota da “urgência qualificada”. Por tais fundamentos, não reconheço do habeas corpus. Findo o plantão, encaminhe-se à 2ª Vice-Presidência para livre distribuição – diz um trecho da decisão.

Inicialmente, Bruno era esperado para prestar depoimento na 16ª DP, na Barra da Tijuca, sobre o acidente de trânsito no qual matou um adolescente de 16 anos, mas, por causa do horário em que daria entrada no sistema prisional, foi liberado desse trâmite passando na delegacia apenas para assinar documentos relacionados ao caso.

RELEMBRE O CASO
Bruno atropelou João Gabriel por volta das 23h do último sábado (30), na Avenida Lúcio Costa, altura do posto 3 da praia da Barra da Tijuca. A vítima, que chegou a ser encaminhada ao hospital, onde não sobreviveu, teve uma perna decepada no momento da colisão.

O modelo, por sua vez, não tinha habilitação, e a motocicleta que pilotava estava sem placa. Testemunhas também afirmam que ele trafegava em uma velocidade muito superior ao limite da via.

Ele ainda deu entrada no Hospital Marcos Moraes no último domingo (31), após ter alta do Hospital Lourenço Jorge, também na Barra, para onde foi levado em ambulância do Corpo de Bombeiros com João Gabriel após o acidente.

Leia também1 Bruno Krupp será transferido para UPA de presídio
2 Vídeo mostra atropelamento de estudante por Bruno Krupp
3 Bruno Krupp é levado à UTI após pedido de médico da família
4 Mais de 40 mulheres relatam abusos sexuais por Bruno Krupp
5 RJ: Modelo se manifesta após atropelar e matar adolescente

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.