Leia também:
X Saúde: Hackers usaram login e senha de funcionário do governo

Justiça deve conceder “saidinha” recorde a 35 mil presos em SP

O número real de presos atendidos pelo benefício só deverá ser conhecido na próxima semana

Paulo Moura - 15/12/2021 13h25 | atualizado em 15/12/2021 14h07

Número de presos liberados neste fim de ano deve ser recorde em SP Foto: Pixabay

A Justiça de São Paulo deve conceder um número recorde de “saidinhas” de Natal aos presos do sistema carcerário paulista, neste final de ano. De acordo com uma estimativa de integrantes da cúpula da Segurança Pública paulista, divulgada pelo jornal Folha de São Paulo na terça-feira (14), ao menos 35 mil presos devem ser beneficiados com a liberdade temporária.

O número tem como base a quantidade atual de pessoas com direito ao benefício (mais de 39 mil detentos) e a média das que não conseguem atender aos requisitos e continuam encarceradas neste período. Se o número for confirmado, esta será a maior quantidade de saídas temporárias da série histórica do sistema paulista, iniciada em 2006, de acordo com a Folha.

Atualmente, o estado de São Paulo possui 202.291 pessoas presas, entre elas 36.884 homens e 2.330 mulheres no regime semiaberto, que é uma das condições para que o preso possa obter o benefício. Outro critério para a concessão da saída é o preso não ter cometido falta grave no cárcere.

A portaria do Tribunal de Justiça que disciplina o benefício apontou que os presos e presas devem deixar a prisão na manhã do próximo dia 23 de dezembro e retornar ao presídio até 3 de janeiro. Por isso, o número exato de pessoas que serão atendidas só deve ser conhecido na próxima semana.

Leia também1 Saúde: Hackers usaram login e senha de funcionário do governo
2 PL que proíbe linguagem neutra em escolas é aprovado no MS
3 Ciro e Cid recebiam 'pagamentos sistemáticos de propina', diz PF
4 Bolsonaro acusa Dallagnol de cometer “tráfico de influência”
5 Ciro Gomes culpa Jair Bolsonaro por ser alvo de operação da PF

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.