Leia também:
X Gilmar diz acreditar que “não haverá autogolpe” de Bolsonaro

Justiça determina que João de Deus volte à prisão domiciliar

Médium foi condenado por abusos sexuais durante atendimentos espirituais

Pleno.News - 14/09/2021 17h22 | atualizado em 14/09/2021 17h28

João de Deus Foto: Fotos Públicas/César Itiberê

Nesta terça-feira (14), o Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) determinou que João Teixeira de Faria, conhecido como João de Deus, deixe o presídio e volte a cumprir prisão domiciliar.

O médium foi condenado por uma série de abusos sexuais contra mulheres durante atendimentos espirituais. Ele cumpria pena desde 2018 e tinha voltado ao Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, no dia 26 de agosto.

Por causa da nova decisão judicial, João de Deus voltará a cumprir a medida em sua mansão, em Anápolis (GO). Condenado a mais de 60 anos de prisão, o médium deve voltar a utilizar tornozeleira eletrônica.

Em nota, divulgada nesta terça-feira, os advogados de João de Deus informaram que a justiça admitiu os argumentos da defesa e “reforçou o seu entendimento com base na dignidade da pessoa humana, já que o médium possui diversas doenças crônicas, atestadas pela Junta Médica do Tribunal de Justiça do Estado de Goiás, e pelo fato de ter mais de 80 anos, além da ausência da ocorrência de novos crimes e a falta de contemporaneidade da prisão decretada com os fatos sob investigação”.

Leia também1 Professor preso por Moraes já defendeu “pau” em Feliciano
2 Dono de bar é executado durante live de pagode no Amazonas
3 Bebê de 1 ano morre após ser baleado por primo de 11 anos
4 Acidente entre ônibus, 4 carros e caminhão deixa mortos em SP
5 Empresário e família estavam em avião que caiu em Piracicaba

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.