Leia também:
X Na Europa, Lula fala em ‘ter que regulamentar as redes sociais’

Justiça arquiva inquérito contra filhos de Lula por sonegação

Juíza atendeu a um pedido feito pelo Ministério Público Federal

Henrique Gimenes - 18/11/2021 21h35 | atualizado em 19/11/2021 09h54

Ex-presidente Lula Foto: EFE/Sebastião Moreira

Nesta quinta-feira (18), a Justiça de São Paulo decidiu arquivar um inquérito que investigava os filhos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva por sonegação de impostos em uma empresa em que eram sócios. A decisão foi da juíza Maria Isabel do Prado, da 5ª Vara Criminal Federal de São Paulo.

A magistrada aceitou um pedido apresentado pelo Ministério Público Federal (MPF) com base na defesa do petista, que pediu a nulidade do processo após o Supremo Tribunal Federal reconhecer a parcialidade do ex-juiz federal Sergio Moro.

De acordo com o MPF, “uma vez reconhecida a ilicitude dos elementos de convicção amealhados nas ações penais originárias que evidenciaram o recebimento de rendimentos tributáveis, resta prejudicada a caracterização do delito de sonegação”.

Em sua decisão, a juíza aceitou os argumentos e determinou que sejam remetidos “os autos ao arquivo, observando-se as formalidades de praxe, sem prejuízo do disposto no artigo 18 do Código de Processo Penal e da Súmula 524 do Supremo Tribunal Federal”.

Leia também1 Na Europa, Lula fala em 'ter que regulamentar as redes sociais'
2 Durante viagem pela Europa, Lula é alvo de protestos: 'Ladrão'
3 Sergio Moro: “Existem partidos e pessoas no Centrão que são boas"
4 Em entrevista, Sergio Moro diz que não guarda rancor de Lula
5 GloboNews elogia Lula, e Jordy critica: 'Fazendo campanha'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.