Leia também:
X Lula perderia para Bolsonaro e Moro se eleições fossem hoje

Justiça aguarda depoimento de Flordelis há mais de 1 mês

Ação contra o filho Flávio dos Santos permanece parada

Gabriela Doria - 07/12/2019 08h58 | atualizado em 07/12/2019 09h01

Flordelis ainda não agendou depoimento a ser dado para a polícia Foto: Reprodução

O processo contra o réu Flávio dos Santos Rodrigues, filho da deputada Flordelis e acusado da morte do pastor Anderson do Carmo, está parado há mais de um mês. Isto porque todas as testemunhas foram ouvidas, exceto a parlamentar, que usou da prerrogativa de deputada e solicitou que prestasse depoimento em Brasília, onde trabalha e também tem residência.

Em novembro, Flordelis já havia sido intimada pela Justiça a agendar um dia e horário para que fosse ouvida pelas autoridades. No entanto, ela ainda não se manifestou, o que impede o prosseguimento do caso.

O advogado que representa Flávio e Flordelis, Anderson Rollemberg, afirmou que o juiz do caso já poderia ter estipulado uma data e não sua cliente.

– Na própria intimação, já informava para ela escolher uma data e se não se manifestasse no prazo de 30 dias, o próprio juiz é que iria escolher (a data). Então ficou à mercê da escolha do próprio magistrado, pois já passou esse prazo. No dia que for marcado, ela comparecerá – afirmou Rollemberg.

Rollemberg também justificou o pedido de sua cliente para ser ouvida em Brasília, e não no Rio de Janeiro, onde também tem residência. Segundo ele, Flordelis tem ido pouco para o Rio e Brasília seria um lugar mais “confortável” para ela prestar depoimento.

Já o antigo advogado da deputada, Fabiano Migueis, solicitou o uso da prerrogativa do cargo para agendar dia e local porque Flordelis se sentia ameaçada.

Flávio dos Santos está preso na Penitenciária Bandeira Stampa, conhecida como Bangu 9, no Complexo de Gericinó, na Zona Oeste do Rio. Após o depoimento de Flordelis, que é testemunha de defesa do filho, a Justiça do Rio decidirá se Flávio irá a júri popular pela morte do pastor Anderson do Carmo.

Já Lucas dos Santos, outro filho da deputada acusado de participar do crime, será levado a júri popular por decisão da juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce.

Leia também1 Filho de Flordelis escondeu celular embaixo de travesseiro
2 Filho de Flordelis esconde telefone em caixa de pizza
3 Flordelis faz homenagem ao marido nas redes sociais

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.