Leia também:
X Campanha de Lula pede ao TSE remoção de vídeo de satanista

Julgamento de Flordelis é antecipado em razão da Copa

Juíza considerou que possível jogo da Seleção Brasileira poderia inviabilizar realização do julgamento

Paulo Moura - 05/10/2022 09h43 | atualizado em 05/10/2022 12h00

Ex-deputada federal Flordelis Foto: Reprodução/TV Globo

A juíza Nearis dos Santos Carvalho Arce, da 3ª Vara Criminal de Niterói, no Rio de Janeiro, decidiu antecipar em um mês a realização do julgamento da ex-deputada Flordelis, marcado originalmente para o dia 12 de dezembro. Em decisão proferida nesta terça-feira (4), a magistrada determinou que a sessão do Tribunal do Júri acontecerá no dia 7 de novembro.

A alteração na data do julgamento de Flordelis, e dos filhos Simone dos Santos, Marzy Teixeira, André Luiz de Oliveira e da neta Rayane dos Santos, ocorreu em virtude da realização das duas semifinais da Copa do Mundo da Fifa, nos dias 13 e 14 de dezembro, datas que podem ter a participação da Seleção Brasileira.

– Nos dias 13 e 14 de dezembro serão realizadas as duas semifinais da Copa do Mundo da FIFA, da qual poderá participar a Seleção Brasileira de futebol, gerando a possibilidade a restar a sessão de julgamento inviabilizada, diante da sua provável extensão por mais de um dia, inclusive, além da provável decretação de ponto facultativo, como se deu em oportunidades anteriores – ressaltou.

A magistrada ainda destacou que, apesar da mudança do promotor que representa o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) na 3ª Vara Criminal – com a transferência de Carlos Gustavo Coelho de Andrade da 3ª Vara Criminal de Niterói para a 28ª Vara Criminal da capital -, o MP informou que haverá a designação de promotores auxiliares para a realização da sessão.

JULGAMENTO FOI ADIADO EM OUTRAS OCASIÕES
O julgamento de Flordelis e de mais quatro acusados, marcado inicialmente para o dia 9 de maio deste ano, foi adiado duas vezes. O primeiro adiamento ocorreu para possibilitar a juntada de laudos solicitados pela defesa e o segundo, sob a alegação da defesa de falta de tempo hábil para analisar os laudos.

Além de Flordelis, ainda serão julgados pela morte do pastor Anderson do Carmo os filhos da ex-deputada, Marzy Teixeira da Silva, André Luiz de Oliveira e Simone dos Santos Rodrigues e a neta Rayane dos Santos Oliveira.

A Justiça já condenou outros envolvidos no caso. Na sessão de julgamento que começou no dia 12 de abril e terminou na manhã seguinte, o Tribunal do Júri de Niterói condenou quatro réus, incluindo o filho biológico de Flordelis, Adriano dos Santos Rodrigues, por uso de documento ideologicamente falso e associação criminosa armada.

Em novembro, o Tribunal do Júri de Niterói condenou outro filho biológico da ex-deputada, Flávio dos Santos Rodrigues, e o filho adotivo Lucas Cezar dos Santos de Souza. Flávio foi denunciado como autor dos disparos que mataram o pastor Anderson e Lucas como e responsável pela compra da arma do crime.

*Com informações Agência Brasil

Leia também1 Vara criminal que julga caso Flordelis muda promotor
2 Campanha de Lula pede ao TSE remoção de vídeo de satanista
3 Fake News: Bolsonaro não fez tuíte exaltando a maçonaria
4 Frota anuncia desfiliação do PSDB e declara voto em Lula
5 Cássia Kis chama Bolsonaro de "grande homem" e cita profecia

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.