Leia também:
X Padre Omar irá participar do desfile da Unidos da Tijuca

Juíza aceita denúncia e João de Deus vira réu pela 2ª vez

Médium vai responder por estupro de vulnerável e abuso sexual mediante fraude

Henrique Gimenes - 16/01/2019 17h29 | atualizado em 16/01/2019 17h31

Médium João de Deus Foto: Fotos Públicas/Cesar Itiberê

João de Deus se tornou mais uma vez réu em um processo após a juíza da comarca de Abadiânia (GO), Rosângela Rodrigues Santos, aceitar nova denúncia contra o médium nesta quarta-feira (16). Ele irá responder por estupro de vulnerável e abuso sexual mediante fraude.

A segunda denúncia foi apresentada pelo Ministério Público de Goiás (MP-GO) nesta terça-feira (15) e tem por base o relato de 13 das mais de 500 mulheres que acusaram o médium. Oito dos crimes, no entanto, já prescreveram mas foram incluídos mesmo assim.

João de Deus foi denunciado pela primeira vez no fim de dezembro e se tornou réu no último dia 9. No dia 10 de janeiro, foi indiciado por porte ilegal de arma. Ele segue preso há um mês no Núcleo de Custódia do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia.

Relatos de vítimas apontam que os crimes praticados por João teriam acontecido de 1990 até 2018. Todos os abusos teriam sido cometidos durante atendimentos espirituais em Abadiânia, Goiás.

Leia também1 Crivella: 'Lixeiras são roubadas e usadas como baldes de gelo'
2 Detran-RJ divulga regras para licenciamento sem vistoria

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.