Leia também:
X Ministro substituto do TSE, Carlos Velloso renuncia ao cargo

Jovem que teve a barriga aberta em praia recebe alta do hospital

Rapaz foi ferido no dia 16 de janeiro deste ano em uma praia na cidade de Guarapari, no Espírito Santo

Paulo Moura - 19/03/2022 11h53

Rapaz teve extenso ferimento na barriga Foto: Reprodução/Redes Sociais

Após ficar dois meses hospitalizado, o jovem que teve parte da barriga aberta durante a madrugada do dia 16 de janeiro deste ano na praia do Ermitão, na cidade de Guarapari (ES), recebeu alta hospitalar na última quinta-feira (17). A informação foi confirmada pelo Vitória Apart Hospital, que fica na cidade capixaba de Serra, ao portal G1.

– Informamos que o paciente apresentou boa evolução durante o período de internação, tendo recebido alta hospitalar nesta quinta-feira – disse o hospital, em nota.

De acordo com a publicação, uma pessoa próxima ao jovem informou que ele continuará sob cuidados médicos, mas que já consegue se alimentar de forma regular e está bem. O caso ganhou repercussão no dia 30 de janeiro, quando inúmeras versões começaram a ser compartilhadas nas redes sociais sobre o ocorrido.

SOBRE O CASO
O jovem de 20 anos acordou com um ferimento profundo na barriga, na madrugada de 16 de janeiro, após passar a noite na praia do Ermitão, em Guarapari (ES), com a namorada. No ataque, ele teve parte do intestino removido, mas diz não se lembrar do que houve. A namorada também não se recorda do que aconteceu.

Em nota divulgada na época em que o fato ganhou repercussão, as famílias do rapaz e da namorada disseram que os jovens foram vítimas de um ataque durante uma tentativa de assalto. Um celular teria sido levado, além de dinheiro. Entretanto, nenhum suspeito foi preso e não se sabe qual objeto foi usado para cortar o rapaz.

USO DE ENTORPECENTE E ANESTÉSICO
Segundo relato do advogado das famílias do jovem e da namorada, o casal bebeu vinho e depois ingeriu um “quadradinho de papel”, expressão usada normalmente para se referir à droga LSD, pelo seu formato. De acordo com o advogado, a jovem relatou que aquela foi a primeira vez que eles fizeram uso de entorpecente.

Já no sangue do rapaz, segundo o prontuário médico, foi encontrada “dosagem alta de fentanil”, um analgésico de uso controlado que, em algumas situações, é utilizado como anestésico. Segundo especialistas, o analgésico é 50 vezes mais potente que a heroína e 100 vezes mais forte que a morfina.

Leia também1 Jovem com barriga aberta tinha altas doses de anestésico
2 Namorada de jovem eviscerado em praia admite uso de LSD
3 Namorada de jovem que teve barriga aberta detalha episódio
4 Família diz que jovem que teve barriga aberta foi vítima de 'ação criminosa'
5 Karina Bacchi diz que viu drogas e orgias em festas da Globo

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.