Leia também:
X Barroso defende um ‘controle de comportamento’ na internet

Jovem da tatuagem ‘sou ladrão e vacilão’ aceita Jesus: ‘Amor cura’

Ruan Rocha passa por reabilitação de dependência química

Thamirys Andrade - 26/10/2021 14h48 | atualizado em 26/10/2021 15h17

xtesta-tatuada.jpg.pagespeed.ic.vaoUJ0bOwV
Jovem que teve a testa tatuada após suposto furto Foto: Reprodução / Youtube

O jovem que ficou conhecido por ter a frase “eu sou ladrão e vacilão” tatuada na testa, após uma suposta tentativa de furto em 2017, decidiu deixar a Cracolândia e seguir os ensinamentos de Jesus. A informação é da ONG Associação da Pedra para a Rocha, voltada para a assistência e a reabilitação social de dependentes químicos.

– Ele estava há tempos perdido na Cracolândia, envergonhado e vivendo como se recebesse uma sentença de morte. Hoje, Jesus o encontrou no meio de milhares de usuários e o resgatou para uma nova chance! O Amor cura! – destacou a organização.

 

View this post on Instagram

 

Uma publicação partilhada por Da Pedra Para Rocha (@projetocracolandia)

A história de Ruan Rocha da Silva foi compartilhada até mesmo fora do Brasil em 2017. Na época, o rapaz teve a testa tatuada à força por Ronildo Moreira de Araujo, de 29 anos, e por Maycon Wesley Carvalho dos Reis, de 27, após a suposta tentativa de furto de uma bicicleta São Bernardo do Campo.

Na ocasião, Ruan negou ter cometido o crime. Maycon e Ronildo gravaram o momento da tatuagem, e o vídeo foi parar nas redes sociais. Os dois foram condenados pelos crimes de lesão corporal gravíssima e constrangimento ilegal. O jovem passou por sessões para remover a tatuagem com ajuda de vaquinha virtual realizada por internautas.

Em 2018, Ruan voltou às manchetes por ser preso após furtar cinco frascos de desodorantes num supermercado em Mairiporã (SP). Um ano depois, ele foi condenado a quatro anos e oito meses de prisão pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ). Após pagar fiança de 1.000 reais, ele passou a responder em liberdade e foi internado em clínica de reabilitação.

O jovem já havia decidido tentar mudar de vida anteriormente; em 2018, ele se batizou em uma igreja evangélica.

Leia também1 Corpo de pastor que prometeu ressuscitar em 3 dias é enterrado
2 Multidão esperou 'ressurreição' de pastor diante da funerária
3 Jovem cristão preso por engano é solto: "Deus me usou na prisão"
4 Andressa Urach anuncia volta à igreja: 'Reconheço meus pecados'
5 Isadora Pompeo após críticas por fazer tatuagem: "Deus aceita"

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.