Leia também:
X TSE pede que STF investigue Bolsonaro por revelar invasão

Jornalista pede emprego em semáforos e recusa dinheiro

Eduardo Durães Júnior, que também é professor, relatou experiência em uma rede social

Pleno.News - 09/08/2021 18h46 | atualizado em 09/08/2021 18h47

Eduardo Durães Júnior Foto: Reprodução

Em Belo Horizonte (MG), um jornalista, que também é professor, ganhou destaque por usar um cartaz para pedir emprego nos semáforos da cidade. Em uma rede social, Eduardo Durães Júnior falou sobre a iniciativa.

– Hoje, minha vida imitou minha arte: estive nos semáforos na Raja Gabaglia, região oeste de BH; depois na Babita Camargos, Cidade Industrial, Contagem. Dividi minha história com o Jonh e o Guilherme, vendedores ambulantes – escreveu ele, no LinkedIn.

A publicação foi feita na última quarta-feira (4).

Eduardo tem mestrado em Estudos de Linguagem. Além da frase “Preciso de emprego”, seu cartaz exibe informações profissionais: “Sou jornalista, professor e tenho um mestrado. E também uma filha pra sustentar! Você pode me ajudar?”

Além do pedido de emprego, o jornalista distribuiu paçocas. Ele disse que se cansou de enviar currículos e não receber respostas.

– Fui dar visibilidade à minha luta: pedir um emprego de verdade, algo digno, um que pague um salário pelo trabalho que executo sempre com dedicação, empenho e esforço. Enviar currículo parece não resolver. Sequer respondem: ‘recebemos o documento’. Estar no LinkedIn, muito menos; ter instagram, facebook, tampouco. Na cidade industrial, foi melhor. Um sujeito, ao receber a paçoca, me ofereceu 5 reais: ‘É pra te ajudar’. Ri e recusei, dizendo que não estava ali pra pegar dinheiro. Outro ofereceu-me moedas – contou.

Ele pretende voltar aos semáforos.

– Foi uma experiência rica a que tive. O ator de pedir é difícil: pressupõe se despir de muitas coisas, talvez nossa soberba e vaidade. (…) Voltarei aos sinais em breve.

Publicação do professor Foto: Reprodução

Leia também1 Justiça do DF manda PT pagar R$ 2 milhões em dívidas
2 Casal e filha são encontrados mortos dentro de casa
3 Folhetos com ofensas a judeus são espalhados pela Barra da Tijuca
4 Mãe de Nego do Borel vira ré por agredir enteada de 8 anos
5 RJ: Horas antes de ser morto, PM postou frase premonitória

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.