Leia também:
X Defesa: Monique foi ao salão por arrancar cabelo por “desespero”

Jairinho é afastado da Comissão de Justiça e Redação

O colegiado é o mais importante da Câmara de Vereadores do Rio

Thamirys Andrade - 19/04/2021 10h22 | atualizado em 19/04/2021 11h07

Vereador é suspeito de matar o enteado, Henry Borel, de 4 anos Foto: Renan Olaz/Câmara Municipal do Rio de Janeiro

O vereador Jairo Souza, conhecido como Dr. Jairinho, foi afastado nesta segunda-feira (19) da presidência da Comissão de Redação e Justiça, o colegiado a mais importante da Câmara de Vereadores do Rio. A decisão foi tomada pelo presidente da Casa Legislativa, Carlo Caiado (DEM), após o partido Solidariedade formalizar a expulsão de Jairinho.

Uma reunião deverá ser realizada ainda esta semana para escolher o nome que substituirá o parlamentar na Comissão. Jairinho já havia sido afastado do Conselho de Ética e teve a remuneração suspensa após ser preso no último dia 8 de abril.

O vereador é suspeito de envolvimento na morte do menino Henry, de 4 anos, falecido no dia 8 de março, vítima de 23 lesões. A mãe da criança e namorada de Jairinho, Monique Medeiros, também é suspeita e foi detida. Segundo a juíza Elizabeth Machado Louro, do 2º Tribunal do Júri, ambos tentaram atrapalhar o curso das investigações.

Leia também1 Defesa: Monique foi ao salão por arrancar cabelo por "desespero"
2 'Só quero ser esquecida', diz babá que relatou agressões em Henry
3 Dez crianças são agredidas por hora no Brasil, diz estudo
4 Filho de ex teve fêmur fraturado após passeio com Jairinho
5 Jairinho é acusado de ter agredido ao menos 3 crianças

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.