Leia também:
X Governo volta a permitir entrada aérea de estrangeiros

Interior de SP tem noite de tiroteio e ataques a bancos

Botucatu viveu momentos de pânico com moradores feitos reféns e policiais feridos em tiroteio

Paulo Moura - 30/07/2020 07h46 | atualizado em 30/07/2020 07h48

Cidade de Botucatu viveu uma madrugada violenta nesta quinta-feira Foto: Reprodução

A cidade de Botucatu, no interior de São Paulo, viveu momentos de terror entre a noite desta quarta-feira (29) e a madrugada desta quinta-feira (30), quando diversos episódios de violência foram registrados na cidade. Segundo relatos da polícia, ao menos três agências bancárias foram atacadas e houve troca de tiros a partir das 23h30, dois policiais ficaram feridos, mas não correm risco de morrer.

Em uma ação coordenada, os bandidos atacaram simultaneamente as três agências que ficam na região central da cidade. No ato, os criminosos utilizaram explosivos para destruir os imóveis. A polícia ainda não sabe se os bandidos levaram dinheiro dos locais. Policiais do Grupo de Operações Especiais e da Rota foram acionados e estão no município. Agentes da Polícia Militar fazem o patrulhamento, mas ninguém foi preso.

Além do ataque nas agências bancárias, os bandidos também dispararam contra o batalhão da PM e queimaram uma caminhonete na frente do prédio, para dificultar a saída dos policiais. Na parede ficaram marcas dos tiros de fuzil. Já na altura do quilômetro 264 da rodovia Marechal Rondon, os criminosos incendiaram uma carreta para impedir a chegada de veículos na cidade.

Ao todo, estima-se que pelo menos 40 criminosos mascarados, fortemente armados e com coletes à prova de balas participaram do ataque. Vários moradores foram feitos reféns, mas não há informações sobre feridos, além dos dois policiais militares. No Facebook, a página da Prefeitura de Botucatu pediu aos moradores que ficassem em casa.

– A Prefeitura de Botucatu solicita a todos os munícipes que durante esta madrugada permaneçam em suas casas e não procurem possíveis pontos danificados pela cidade, para que isso não coloque em risco a segurança de todos e não interfira no trabalho das forças de segurança – solicitou a administração local.

Leia também1 Debate entre Felipe e Barroso passa de 180 mil descurtidas
2 Eduardo a Thammy: "Ideologia não está acima da ciência'
3 Tarcísio já entregou 36 obras neste ano e promete "mais 40"
4 Zambelli pede a Xuxa "que deixe nossas crianças em paz"
5 Guga Chacra zomba de médica referência em cloroquina

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.