Leia também:
X ‘Harley Mito’: Bolsonaro ganha moto de madeira de apoiador

Influenciador e policial trans, Paulo Vaz morre aos 36 anos

SSP investiga o caso

Thamirys Andrade - 15/03/2022 16h23 | atualizado em 15/03/2022 17h19

Influenciador e policial trans, Paulo Vaz morre aos 36 anos
Agente também era conhecido como Popó Vaz nas redes sociais Foto: Reprodução / Instagram

Morreu na noite desta segunda-feira (14) o policial civil transexual Paulo Vaz, de 36 anos. O agente, também conhecido como Popó Vaz, era influenciador nas redes sociais e atuava como ativista LGBTQIA+. A causa de sua morte não foi informada.

A notícia do óbito foi divulgada pela Associação Nacional de Travestis e Transexuais (Antra). No comunicado, a organização pediu para que não haja especulações em torno do falecimento do policial.

– Acabamos de saber que o Popó Vaz nos deixou. Infelizmente perdemos mais um de nós que não suportou continuar em uma sociedade tão violenta e desumana. Obrigada por tudo! Seguiremos em luto, na luta. Não é hora de especular sobre a morte do Paulo. Respeitem a dor de quem perdeu um amigo, marido, filho e irmão. É hora de silenciar e refletir. Precisamos pensar em formas de construir um mundo onde as pessoas queiram viver – afirmou a associação.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo declarou, em nota, que as circunstâncias da morte do policial estão sendo investigadas pela 77ª DP (Santa Cecília).

– A autoridade policial solicitou perícia ao local e exames à vítima para confirmar a causa da morte. Diligências estão em andamento visando ao esclarecimento dos fatos. Mais detalhes serão preservados para garantir autonomia ao trabalho policial – disse a SSP.

Paulo trabalhava em São Paulo como investigador da Polícia Civil desde abril de 2018. Ele ainda auxiliava o companheiro, Pedro HMC, na gestão do canal no Youtube LGBTQIA+ Põe na Roda, que acumula 1,24 milhão de seguidores.

Leia também1 Homem espanca morador de rua após flagrá-lo com sua esposa
2 Mulher de personal diz que viu 'imagens do marido e de Deus'
3 Escola é suspeita de maltratar e prender bebês em 'camisas de força'
4 Mulher é presa com cocaína escondida em livros infantis
5 Estupro em sex shop: Mãe de agressor diz que 'mataram ele'

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.