Leia também:
X Em visita ao Nordeste, Bolsonaro é recebido “com festa” pelo povo

Impeachment de Wilson Witzel é aprovado por comissão da Alerj

Plenário da Assembleia deve votar o processo na próxima semana

Pleno.News - 17/09/2020 15h29 | atualizado em 17/09/2020 15h51

Governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel Foto: Agência Brasil/Tomaz Silva

Nesta quinta-feira (17), deputados da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovaram a continuidade do processo de impeachment do governador afastado do Rio de Janeiro, Wilson Witzel.

Votaram a favor do prosseguimento todos os 24 deputados da comissão que analisa o processo de impeachment do governador.

Rodrigo Bacellar (SDD – relator);
Alexandre Freitas (Novo);
Brazão (PL);
Bebeto (Podemos);
Carlos Macedo (Republicanos);
Dionísio Lins (PP);
Dr. Deodalto (DEM);
Eliomar Coelho (PSOL);
Enfermeira Rejane (PC do B);
Gustavo Schmidt (PLS);
Léo Vieira (PSC);
Luiz Paulo (PSDB);
Márcio Canella (MDB);
Marcos Abrahão (Avante);
Marcus Vinicius (PTB);
Marina Rocha (MDB);
Martha Rocha (PDT);
Renan Ferreirinha (PSB);
Subtenente Bernardo (PROS);
Val Ceasa (Patriota);
Valdecy da Saúde (PTC);
Waldeck Carneiro (PT);
Welberth Rezende (Cidadania);
Chico Machado (PSD) – presidente da sessão.

Com isso, a votação final do relatório deve ocorrer na próxima semana no plenário da Alerj.

O governador do Rio de Janeiro foi afastado do cargo no final de agosto por decisão do ministro Benedito Gonçalves, do Superior Tribunal de Justiça (STJ). No dia 2 de setembro, a Corte Especial do STJ confirmou, por 14 votos 1, o afastamento de Witzel por 180 dias. Após o afastamento, Witzel recorreu ao STF para voltar o cargo, mas teve o pedido rejeitado.

Leia também1 Witzel recebeu R$ 980 mil quando juiz, aponta denúncia
2 Wilson Witzel é denunciado por organização criminosa
3 Defesa de Witzel faz novo pedido ao STF para voltar ao cargo
4 Toffoli nega recurso de Witzel para reassumir Governo do RJ
5 'Witzel tem muito o que explicar à sociedade', diz deputado Alexandre Freitas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.