Leia também:
X Brasil passa a exigir quarentena de viajantes não vacinados

Homem que adotou, acorrentou e estuprou duas crianças é solto

A defesa conseguiu habeas corpus na Justiça, e a prisão preventiva foi revogada

Thamirys Andrade - 09/12/2021 10h44 | atualizado em 09/12/2021 11h23

Pesquisa diz que estupro é o crime mais praticado contra crianças, no Brasil Foto: Pixabay

Um acupunturista de 62 anos foi indiciado por cometer atrocidades após adotar dois irmãos, um de 6 e ou outro de 7 anos. De acordo com a investigação da Delegacia de Proteção a Criança e ao Adolescente, o homem acorrentava, espancava e estuprava as vítimas, obrigando-as ainda a fazer sexo oral e anal com ele, em um apartamento localizado na Asa Sul (DF).

O suspeito chegou a ter sua prisão preventiva solicitada pela Polícia Civil e aprovada pelo Judiciário. No entanto, os advogados de defesa dele conseguiram um habeas corpus na Justiça, e a detenção preventiva foi revogada.

Segundo informações da coluna Na Mira, do portal Metrópoles, as crianças confirmaram o horror que viviam sob a tutela do acupunturista, durante depoimentos especiais prestados à DPCA.

O inquérito foi instaurado após denúncias feitas pela até então companheira do suspeito.

O homem foi indiciado por estupro de vulnerável e perdeu a guarda das crianças, que atualmente estão sob a tutela do estado. Ele virou réu após a denúncia ser aceita pela 8ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça do DF (TJDFT), e o caso tramita em sigilo.

Leia também1 Brasil e EUA fazem exercício de guerra com blindados e munição
2 Sócio da boate Kiss: "Querem me prender, me prendam"
3 Irmãos morrem após ingestão de soda cáustica por acidente
4 Supermercado é denunciado por vender carne e frios vencidos
5 Servidores não vacinados do PI poderão ter descontos no salário

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.