Leia também:
X Governo indica qual será o novo valor do salário mínimo

Governo Bolsonaro tem queda histórica de invasões a fazendas

Foram 24 ocupações de terras durante os três anos de gestão

Thamirys Andrade - 30/12/2021 16h59 | atualizado em 30/12/2021 18h55

fazenda
Fazenda [imagem ilustrativa] Foto: Unsplash / Hưng Nguyễn Việt
A gestão do presidente Jair Bolsonaro (PL) registrou, nesses três anos de governo, o menor número de ocupações de fazendas feitas por movimentos sociais no Brasil desde 1995, ano em que a contabilização passou a ser feita pelo Incra (Câmara de Conciliação Agrária do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária). As informações são da revista Veja.

Conforme aponta o Incra, em 2021 houve apenas 11 invasões a fazendas, enquanto em 2020 foram seis e em 2019 foram sete. Os números contrastam com os registrados em governos anteriores.

Durante os oito anos de gestão Fernando Henrique Cardoso (PSDB), 2.442 fazendas foram ocupadas por sem-terra. Nos dois mandatos de Lula (PT), foram 1.968 invasões, enquanto na gestão Dilma foram 969. Já no governo Temer, que durou de agosto de 2016 a dezembro de 2018, houve 54 ocupações.

Para a atual gestão, a queda brusca se deve ao armamento de fazendeiros, que agora podem portar armas por toda a propriedade, e não mais apenas na sede da fazenda. O governo também atribui a queda à diminuição de repasses financeiros a movimentos de sem-terra, o que ocorria de forma abundante nas administrações petistas.

Leia também1 Ministério da Saúde anuncia novo repasse para a Bahia
2 Petrobras diz que "judicialização coloca mercado de gás em risco"
3 Justiça barra aumento do preço do gás em Santa Catarina
4 Após recusa do governo, Bahia aceita ajuda direta da Argentina
5 Bolsonaro libera R$ 3,5 bilhões para internet em escolas

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Canal
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.