Leia também:
X Prévias: PSDB define candidato à Presidência neste domingo

Gol começa a demitir quem não se vacinou contra a Covid-19

Empresa afirmou que medida foi anunciada em agosto e começou a valer neste mês

Paulo Moura - 21/11/2021 13h34 | atualizado em 21/11/2021 13h40

Gol começa a demitir funcionários que não se vacinaram Foto: Agência Brasil/Tânia Rego

A Gol Linhas Aéreas anunciou, por meio de uma nota, que iniciou o processo de demissão de funcionários que se recusaram a tomar a vacina contra a Covid-19. Segundo a companhia, a medida foi anunciada em agosto deste ano e começou a valer neste mês de novembro. A empresa não revelou a quantidade de colaboradores desligados.

A Gol alegou que a decisão foi tomada por conta de um “compromisso da companhia com a saúde pública e a proteção da população em geral” e reforçou que todos os colaboradores que não apresentarem certificados de vacinação serão desligados. A empresa anunciou que mais de 99% de seus funcionários estão imunizados.

A decisão contraria uma portaria, emitida no último dia 1° de novembro pelo Ministério do Trabalho e Previdência, no qual a pasta proibiu empresas de exigir comprovação da vacinação contra a Covid-19 na hora de contratar funcionários e impediu demissões por justa causa de colaboradores que não comprovarem a vacinação.

Questionada por partidos da oposição no Supremo Tribunal Federal (STF), a portaria teve alguns pontos derrubados no último dia 12 de novembro pelo ministro Luís Roberto Barroso, que suspendeu parte da medida e passou a permitir a extinção do contrato de trabalho, com justa causa, por falta de vacinação, mas apenas como último caso.

Leia também1 Ex-participante do BBB diz que maconha era liberada no reality
2 Prova do Enem começa a ser aplicada hoje em 1,7 mil cidades
3 Prévias: PSDB define candidato à Presidência neste domingo
4 Empresa que realizou pesquisa "pró-Moro" foi aberta há 5 dias
5 FAB nega acusação de que levou Olavo de Carvalho para os EUA

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.