Leia também:
X Famosos lamentam a morte da modelo Caroline Bittencourt

Garis aceitam proposta e fecham acordo com a Comlurb

Acerto prevê 4,7% de aumento no salário

Ana Luiza Menezes - 29/04/2019 18h14

No Rio de Janeiro, garis tinham entrado em greve Foto: Reprodução

Nesta segunda-feira (29), o Sindicato dos Empregadores de Empresas de Asseio e Conservação do Rio de Janeiro (Siemaco-Rio) aceitou a proposta de conciliação apresentada pela Comlurb, durante uma em assembleia com os garis, realizada no Tribunal Regional do Trabalho (TRT).

Segundo uma nota emitida à imprensa, a proposta aceita foi de 4,7% de aumento no salário, mantendo os itens de impacto econômico-financeiro (Vale Refeição, Auxílio Creche, Adicional de Coleta, entre outros) da cesta de benefícios nos valores atualmente praticados, seguindo o Acordo Coletivo de 2018. A categoria havia rejeitado a proposta anterior de 4% de reajuste tanto nos rendimentos como nos outros itens.

– A Companhia oferece a melhor cesta de benefícios da categoria no país, que soma mais de 20 itens, incluindo planos de saúde e odontológico extensivos aos dependentes, auxílio-creche, entre outros, a maioria não sendo de obrigação legal. Vale lembrar que só o vale refeição é o mais alto pago por toda a Prefeitura do Rio, R$ 710 – informou a Comlurb, no comunicado.

A administração municipal afirmou ainda que reconhece a importância dos garis para a cidade do Rio de Janeiro. No texto, foi destacado que os garis representam a única categoria que conta com reajuste salarial todos os anos, apesar das dificuldades financeiras do município.

Leia também1 Corpo de Caroline Bittencourt é encontrado no litoral de SP
2 SP: Corpo é encontrado no Parque do Ibirapuera
3 Pesqueiro salva família e bebê à deriva após vendaval

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.