Leia também:
X EUA identificam 3 membros da Al Qaeda vivendo no Brasil

“Flordelis oscila entre esperança e fundo do poço”, diz advogada

Ex-deputada não poderá receber visitas na prisão no dia de Natal

Paulo Moura - 23/12/2021 07h49 | atualizado em 23/12/2021 10h50

Flordelis durante a sessão que determinou a cassação de seu mandato Foto: Câmara dos Deputados/Cleia Viana

A advogada Janira Rocha, que representa a ex-deputada federal Flordelis, afirmou que a parlamentar cassada alterna momentos entre “a esperança e o fundo do poço”.

Em uma matéria publicada pelo site Metrópoles, a defensora afirmou que a ex-parlamentar “ficou muito mal” desde a condenação dos filhos pela morte do pastor Anderson do Carmo, em julgamento ocorrido em novembro.

– Flordelis viu pela televisão [o julgamento]. Ficou muito mal. Achou o Flávio muito magro […] Flordelis oscila entre a esperança e o fundo do poço – relatou.

O julgamento dos filhos da ex-deputada ocorreu no 3° Tribunal do Júri de Niterói, Região Metropolitana do Rio. Acusado de ter comprado a arma do crime, o filho adotivo Lucas Cezar de Souza foi condenado a 7 anos e 6 meses de detenção, mas o Ministério Público recorreu, e a condenação aumentou para 9 anos. Já Flávio dos Santos foi condenado a mais de 33 anos de prisão.

O julgamento de Flordelis e dos outros familiares dela que respondem a processo pela morte do pastor Anderson do Carmo, por sua vez, ainda não tem data para acontecer. Para tentar evitar o júri popular, os advogados da ex-parlamentar já entraram com recursos até no Supremo Tribunal Federal (STF).

– Acreditamos na nossa estratégia de defesa para inocentá-la. Mas não vejo como possibilidade de ela gozar da sua liberdade agora – esclarece Janira.

SEM VISITAS NO NATAL
Ainda de acordo com a publicação, Flordelis não poderá receber visitas de parentes no Natal, já que a permissão de entrada na Penitenciária Talavera Bruce, que fica no Complexo de Gericinó, em Bangu, Zona Oeste do Rio de Janeiro, onde ela está presa, foi antecipada de sábado (25) para quarta-feira (22). No local, Flordelis divide uma cela com 15 grávidas.

Leia também1 Esloveno é preso após se vacinar 7 vezes contra a Covid
2 EUA identificam 3 membros da Al Qaeda vivendo no Brasil
3 Globo: Narrador diz ter sido demitido após denunciar assédio
4 Oposição vai ao STF contra Bolsonaro por vacina a crianças
5 Advogado 'salvador' de políticos famosos surge de sunga e toga

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.