Leia também:
X Moraes e Barroso esperam que Pacheco negue processo

Flordelis: Justiça mantém prisão após audiência de custódia

Ex-deputada deve seguir agora para presídio feminino em Bangu

Paulo Moura - 14/08/2021 14h24 | atualizado em 14/08/2021 14h44

Deputada federal Flordelis Foto: Reprodução/TV Globo

A Justiça do Rio de Janeiro confirmou a prisão preventiva da ex-deputada federal Flordelis, neste sábado (14), após a ex-parlamentar passar por audiência de custódia. Com a decisão, ela deve ser encaminhada para o presídio feminino Santo Expedito, no Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na Zona Oeste do Rio.

A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) informou que a ex-deputada ficará em uma cela comum, já que o diploma de um curso de teologia, apresentado por sua defesa, não é reconhecido pelo MEC e não dá direito à cela especial.

Durante a audiência de custódia, o namorado de Flordelis, Allan Soares, e alguns familiares aguardavam notícias do lado de fora da cadeia de Benfica. A ex-deputada foi presa na noite da sexta-feira (13), em sua casa, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, 48 horas depois de perder o foro privilegiado de deputada federal.

Ao deixar a sua casa, a ex-deputada carregava uma Bíblia e repetia a seus familiares: “Amo vocês, fé em Deus”. Flordelis é acusada de ser a mandante da morte do então marido, o pastor Anderson do Carmo, assassinado na porta de casa em 16 de junho de 2019. Ela, porém, nega o crime.

Leia também1 Defesa de Jefferson vai pedir suspeição de Moraes ao STF
2 Moraes e Barroso esperam que Pacheco negue processo
3 Sabatina de André Mendonça no Senado deve ser em setembro
4 Maia sobre Bolsonaro: 'Populista' e 'ditador igual a Chavez'
5 Criança acha arma e mata a mãe durante videoconferência

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.