Leia também:
X Agente é baleado na cabeça em assalto a carro-forte

Filhos do pastor Anderson homenageiam o pai nas redes

Assassinato aconteceu no dia 16 de junho

Gabriela Doria - 08/07/2019 15h08 | atualizado em 08/07/2019 15h42

Sem previsão de um desfecho, o assassinato do pastor Anderson do Carmo, marido da deputada federal Flordelis, continua impactando a família. Desta vez, quatro de seus filhos foram às redes sociais para prestar homenagens ao religioso.

Lorrane Oliveira, uma das filhas adotivas do casal, publicou uma foto ao lado de Anderson no último Congresso Internacional de Missões (CIM), tradicional encontro evangélico promovido por Anderson e Flordelis todos os anos.

– Meu último CIM ao seu lado, pai. O que me conforta é saber que na eternidade eu vou te ver – escreveu a jovem.

Já Danniel dos Santos, filho biológico de Anderson e Flordelis, fez uma série de homenagens ao pai nos últimos dias. Em todas postagens, o rapaz fala em justiça. Na última, publicada neste domingo (7), Danniel aparece tocando teclado.

– Tudo é possível para aquele que crê, então eu creio que a justiça de Deus virá, meu pai. Te Amo – escreve Danniel.

Roberto Carvalhaes, que é cantor e segue os passos da mãe, Flordelis, falou sobre a dificuldade de seguir adorando a Deus mesmo após um trauma como a perda do pai.

– Quem te vê adorando não imagina o quanto está sendo difícil ter que esconder as lágrimas com esse sorriso. E a voz que ainda embarga quando quer cantar, mesmo assim você não para de adorar – disse o rapaz no Instagram.

Outra filha adotiva do casal, Tayane Dantas também publicou várias homenagens a Anderson. Na última delas, a moça diz que ele era “quem mais acreditava” em seu ministério. Em outro post, Tayane afirmou que pai era um exemplo.

– Pai, quero dizer que foi um bom exemplo em tudo para mim, cumpriu seu papel como homem de Deus, como pastor, como pai e esposo – escreveu a jovem, prometendo que se dedicaria ainda mais ao ministério da família.

O CASO
O pastor Anderson do Carmo foi assassinado na madrugada de domingo (16) na garagem de casa, em Pendotiba, Niterói, no Rio de Janeiro. O laudo mostrou 30 perfurações pelo corpo, a maior parte nas costas, peito e região da virilha. Anderson era casado há 25 anos com Flordelis, pastora e deputada federal pelo Rio de Janeiro. Sempre ao lado da esposa, ele atuava como secretário-geral do PSD no Estado.

Dois filhos da pastora estão presos preventivamente, Lucas dos Santos, de 18 anos, e Flávio dos Santos Rodrigues, de 38 anos. O mais velho assumiu ter efetuado seis tiros. Lucas teria ajudado comprando a arma, mas não estaria em casa no momento dos disparos. Os agentes ainda estão investigando os pontos contraditórios.

Um terceiro filho teria afirmado, em depoimento, que não ouviu discussão, barulho de carro ou moto em fuga. Que quando chegou na cena do crime encontrou o irmão Flávio próximo ao pai, caído. Ele garantiu ainda que o celular de Anderson, que está sumido, foi entregue a Flordelis.

Ainda em depoimento, o filho disse que o pastor já recebeu uma mensagem com ameaça de morte e uma das irmãs ofereceu R$ 10 mil a Lucas para que cometesse o crime. Flordelis e três filhas já teriam colocado remédios na comida de Anderson, por isso, sua saúde estava debilitada.

Leia também1 Michelle Nascimento apoia Flordelis: "Estamos em oração"
2 Flordelis: "Acusar sem ter certeza é um ato covarde"
3 Flordelis: Perito em linguagem corporal analisa entrevista

WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.