Leia também:
X Bolsonaro critica Globo e Folha: “Estão se vitimizando”

Fila por UTI em Pernambuco diminui 26% em 3 semanas

Estado tem mais de 2,3 mil mortes

Pleno.News - 26/05/2020 19h40 | atualizado em 26/05/2020 19h41

Fila por vagas de UTI em Pernambuco diminuiu 26% em três semanas Foto: EFE/Raphael Alves

O tamanho da fila de pacientes com síndrome respiratória aguda grave que aguardam uma vaga de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) nos hospitais da rede estadual de Pernambuco diminuiu 26% em três semanas.

No dia 4 de maio, 256 doentes esperavam por um leito. Dados da central de regulação de Pernambuco colhidos na manhã desta terça-feira (26) apontam uma fila de 189 pessoas.

Ainda há casos de infectados pelo novo coronavírus que aguardam a transferência há mais de duas semanas. Historicamente, Pernambuco sempre trabalhou com déficit de vagas de UTI. Nos últimos anos, o tamanho médio da fila de espera era de 100 pessoas.

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, o governo de Pernambuco abriu 614 novas vagas de UTI no sistema estadual de saúde. Grande parte dos leitos está concentrada no Recife e região metropolitana.

Oficialmente, a taxa de ocupação divulgada na rede pública estadual é de 97%. Isso ocorre porque há um atraso entre o leito ser liberado e o novo paciente ocupá-lo de fato.

O governo de Pernambuco trata os dados de diminuição com bastante cautela para não gerar relaxamento no cumprimento da quarentena, decretada pelo governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), desde o dia 16 de maio.

As medidas permanecem em vigor no Recife e outras quatro cidades da região metropolitana até o dia 31 de maio.

Nesta terça-feira, foram contabilizados no estado mais 80 mortes em decorrência da Covid-19. Pernambuco totaliza 2.328 mortes pela doença. São 28.854 casos confirmados de coronavírus.

Até esta segunda-feira (25), o estado ocupava a quinta colocação em número de óbitos. Estava atrás apenas de São Paulo, Rio de Janeiro, Ceará e Pará.

O governador Paulo Câmara está com a Covid-19. Apresenta apenas sintomas leves. Além dele, a vice-governadora, Luciana Santos (PCdoB), e outros quatro secretários estaduais também foram infectados.

*Folhapress

Leia também1 Babá dos filhos da Claudia Raia morre por causa da Covid
2 Toffoli apresentou "melhora progressiva", diz hospital
3 Mandetta terá 'quarentena' remunerada por 6 meses
4 Witzel prestará depoimento à PF como investigado
5 Flavio Bolsonaro diz que há "tsunami" vindo contra Witzel

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.