Leia também:
X Vídeo com “morte” de Bolsonaro: Produção de filme se posiciona

Família enviará cinzas de filho de 11 anos morto para a Lua

Mathew Gallagher sonhava em ser astronauta, mas faleceu inesperadamente no último dia 18 de maio

Thamirys Andrade - 17/07/2022 12h01 | atualizado em 18/07/2022 13h25

Mathew Gallagher Foto: Arquivo Pessoal

O pequeno Mathew Gallagher sonhava em ser astronauta desde os 5 anos, entretanto, ele faleceu aos 11 sem conseguir realizar seu objetivo. Comovida, sua família, que mora na Flórida, Estados Unidos, resolveu tentar tornar, ao menos em parte, os sonhos de Mathew realidade, enviando suas cinzas para a Lua.

A fim de viabilizar a ideia, eles iniciaram um financiamento coletivo na internet. A iniciativa se mostrou bem-sucedida, e a família Gallagher já conseguiu os 14 mil dólares necessários (R$ 75 mil).

Os restos mortais serão enviados pela companhia Celestis Memorial Spaceflights, uma empresa especializada em levar as cinzas de pessoas queridas ao espaço.

– Eu só sei que ele teria um sorriso de orelha a orelha, e nunca iria embora porque ele faria algo que ele sempre quis fazer – contou a mãe do menino, Cori Gallagher, em entrevista a Fox 13.

De acordo com ela, Mathew demonstrou fascínio por temas espaciais desde muito cedo e, mesmo sendo tão novo, já obtinha muitos conhecimentos da área.

– O quarto dele tinha temática espacial. Muitas coisas que ele tinha, eram presentes que ele mesmo pedia de aniversário ou no Natal. Ele ensinava até aos professores de ciência coisas sobre o espaço que eles não sabiam – assinalou Cori.

Mathew morreu inesperadamente no último dia 18 de maio. Segundo sua mãe relatou ao Tampa Bay 10, o menino foi encontrado inconsciente em seu quarto, no meio da madrugada.

– Foi um puro choque e pânico, quase como se não fosse real. Você meio que esperava acordar e isso não estava acontecendo e, depois de várias horas, aconteceu e foi uma experiência esmagadora e é algo que ninguém deveria ter que passar – declarou Cori.

A viagem Destiny Flight não apenas levará as cinzas de Mathew ao espaço, mas também as enterrará em solo lunar. A missão está marcada para ocorrer em 2023.

Leia também1 Avião cargueiro de companhia ucraniana cai no norte da Grécia
2 Biden reitera compromisso com Oriente Médio e pede liberdade
3 Autópsia: Ivana Trump morreu após cair da escada de sua casa
4 Musk pede que tribunal não se apresse em processo do Twitter
5 Texas processa o governo Biden por decreto sobre o aborto

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.