Leia também:
X Motociata com Bolsonaro leva multidão pelas estradas de SP

“Eu vou morrer”, disse repórter da Globo após ser esfaqueado

Gabriel Luiz pediu ajuda para o porteiro de seu prédio, que foi quem acionou o socorro

Paulo Moura - 15/04/2022 11h18 | atualizado em 15/04/2022 11h24

Gabriel Luiz, repórter da TV Globo em Brasília Foto: Reprodução/TV Globo

O repórter Gabriel Luiz, da TV Globo em Brasília (DF), pediu ajuda ao porteiro do prédio onde mora após ser esfaqueado na noite desta quinta-feira (14). Inicialmente, o funcionário do condomínio chegou a pensar que se tratava de um morador de rua, mas depois percebeu que era o jornalista quem pedia ajuda e abriu a porta do edifício.

– Me ajuda! Eles vão me matar! Eu vou morrer! – disse Gabriel ao porteiro.

De acordo com o funcionário do prédio de Gabriel, o repórter estava consciente enquanto pedia ajuda, mas bastante ensanguentado. Diante da situação, o porteiro pediu para o jornalista não falar mais nada e acionou os bombeiros. Gabriel também pediu para que o funcionário ligasse para o pai e passou o número.

O crime ocorreu por volta das 23h20 no Sudoeste, região administrativa do DF. Enquanto o jornalista voltava para casa, dois homens o cercaram e o deixaram ferido com cerca de 10 golpes. Testemunhas relataram que um dos homens segurou Gabriel enquanto o outro desferiu as facadas. A agressão só teria parado após um vizinho gritar.

O caso é tratado como tentativa de latrocínio, pois o celular do repórter sumiu. Entretanto, não está descartada a possibilidade de tentativa de homicídio devido à violência do ataque. O quadro clínico do jornalista é grave, mas estável. Durante a madrugada, os médicos trataram diversas lesões.

Os golpes no jornalista atingiram partes como tórax, braços, mão, pernas e pescoço. Entretanto, um ferimento que demandou maior atenção dos médicos foi no abdômen, pois houve laceração nos rins e no pâncreas.

Leia também1 Repórter da Globo é esfaqueado próximo de casa em Brasília
2 Amanda Klein revela que o marido é eleitor de Bolsonaro
3 Motociata com Bolsonaro leva multidão pelas estradas de SP
4 Governo estima reajustar salário mínimo para R$ 1.294 em 2023
5 Moro pede indenização após ser acusado de fraude eleitoral

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.