Leia também:
X Justiça nega liberdade ao ex-vereador Dr. Jairinho

Estupro: Investigação aponta que relação envolveu 2 crianças

MP de Santa Catarina continua investigando o caso

Pleno.News - 23/06/2022 19h04 | atualizado em 24/06/2022 10h53

Investigação apontou que ato sexual envolveu duas crianças, que são inimputáveis (Imagem ilustrativa) Foto: Pixabay

A menina de 11 anos que tinha sido impedida de fazer aborto após estupro, em Santa Catarina, realizou o procedimento de interrupção da gestação nesta quarta-feira (23), segundo informado pelo Ministério Público Federal (MPF).

A polícia de Santa Catarina concluiu, há cerca de dez dias, o inquérito sobre o estupro e não indiciou ninguém. As informações são do jornal O Globo.

A garota mora em Tijucas (SC). A polícia concluiu que o principal suspeito de ter engravidado a menina tem 13 anos e, portanto, também é uma criança. A conclusão foi enviada ao Ministério Público (MP), que ainda avalia se concorda com o resultado da investigação policial.

Fontes disseram que, durante depoimento à polícia, a menina admitiu ter tido relações sexuais com o garoto de 13 anos. Já o menino teria afirmado que houve “relação consentida”.

Embora o inquérito tenha reconhecido que houve estupro de vulnerável, também atestou que a relação entre as duas crianças se deu de forma consensual. Por isso, não houve indiciamento.

Ainda não há um resultado de exame que comprove a paternidade do feto, conforme revelou uma fonte. O MP de Santa Catarina ainda irá decidir como conduzirá o inquérito.

Leia também1 MPF: Menina de 11 anos estuprada consegue fazer aborto
2 MPF recomenda que hospital faça o aborto em menina estuprada
3 Joana Ribeiro: Saiba quem é a juíza que negou aborto à menina
4 Juíza sobre menina estuprada: "Não sou contra o aborto"
5 Justiça libera menina grávida de abrigo, e aborto segue incerto

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.