CORONAVÍRUS
- Tudo o que você precisa saber
-->
Leia também:
X Osmar Terra sobre quarentena: “Não funcionou em nenhum país”

Estão soltando estupradores de crianças, afirma Janaina

Deputada criticou a decisão da Justiça de liberar presos por causa da Covid-19

Henrique Gimenes - 05/04/2020 14h25 | atualizado em 05/04/2020 17h22

Deputada Janaina Paschoal Foto: Reprodução

Neste domingo (5), a deputada estadual de São Paulo Janaina Paschoal (PSL) utilizou suas redes sociais para criticar a decisão da Justiça colocar em liberdade presos por causa da Covid-19. De acordo com ela, “Estão soltando até estupradores de crianças por estarem no grupo de risco”.

O comentário foi feito após o Ministério Público informar que, dos 2,5 mil presos que deixaram a prisão no Paraná, havia condenados por homicídios e estupros. De acordo com o portal G1, entre os soltos estava um homem de 60 anos que condenado por estuprar duas crianças, de seis e oito anos. Uma delas era a filha dele.

Janaina chamou de injusta a decisão de soltar presos de forma massificada.

– Prender pessoas sem analisar os casos concretos (de forma individualizada) constitui uma grande injustiça. Soltar pessoas de forma massificada também é injusto – apontou.

A parlamentar também questionou se os “estupradores de crianças” ficarão isolados das crianças da família.

– Estão soltando até estupradores de crianças, por estarem no “grupo de risco”. Eu pergunto: esses abusadores ficarão em isolamento com as crianças da família? Que Justiça é essa? Se um cão desses violentar uma criança, os magistrados responderão como partícipes? – apontou.

Para a parlamentar, é necessária levar em consideração os crimes cometidos antes de decidir soltar um condenado.

O povo está preso em casa e aqueles que deveriam zelar pela justiça estão soltando criminosos aleatoriamente!? É uma vergonha! Podem analisar situações concretas? Devem! Soltar aleatoriamente, colocando inocentes em risco, não! No mínimo, os crimes praticados haveriam de ser levados em consideração – concluiu.

Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo