Leia também:
X Israel vacina quase metade da população contra Covid-19

Estados do Paraná e S. Catarina decretam novo lockdown

Taxas de ocupação das UTIs passam de 90%

Thamirys Andrade - 26/02/2021 15h52

Governador do Paraná, Ratinho Júnior Foto: Marcos Corrêa/PR

Com taxas de ocupação das UTIs superiores a 90%, os estados do Paraná e Santa Catarina anunciaram nesta sexta-feira (26) um novo lockdown. Assim, nos dias de vigor das medidas, ficam suspensas o comércio e aulas, podendo funcionar apenas os serviços considerados essenciais.

No Paraná, as restrições vão até o dia 8 de março. Também fica vetada a circulação de pessoas em espaços e vias públicas das 20h às 5h. O governador afirma que o estado enfrenta o pior momento desde o início da pandemia.

– Essa nova cepa que chegou ao Brasil e se alastrou fez com que a infecção tomasse uma velocidade além da normalidade que estava sendo acompanhada e planejada pela secretaria estadual de Saúde – disse Ratinho Junior (PSD).

O diretor de Gestão em Saúde da Secretaria de Estado da Saúde do Paraná, Vinícius Filipak, também mostrou sua preocupação com a taxa de ocupação das UTIs em 94%.

– Nunca tivemos uma ocupação tão elevada, é o maior número da nossa série histórica. São mais de 3 mil pacientes internados, confirmados ou suspeitos, nesse momento. Nunca o Paraná teve esse número simultâneo.

Em Santa Catarina, fica decretado o lockdown para esse fim de semana e o próximo. Os serviços não essenciais permanecerão fechados. A taxa de ocupação das UTIs no estado é de 90,4%.

– O novo quadro que se apresenta é extremamente grave, e, por isso, é fundamental que o governo estadual tome medidas ainda mais duras, pois o que importa é preservar a vida dos catarinenses – disse o governador Carlos Moisés (PSL).

SÃO PAULO E BAHIA
Também nessa sexta-feira os governos de São Paulo e Bahia anunciaram endurecimento nas regras de restrição. No estado nordestino, todos os municípios terão as atividades não essenciais suspensas por dois dias, a partir das 17h de hoje.

Já no caso dos paulistas, entram na fase laranja Grande São Paulo e as cidades do interior Campinas, Sorocaba e Registro a partir também desta sexta. Assim, o comércio será limitado a oito horas diárias, com encerramento até às 20h e ocupação dos locais em até 40% da capacidade. Bares ficam proibidos de funcionar presencialmente.

Já as cidades de Marília e Ribeirão preto recuaram para a fase vermelha, quando a restrição é total e apenas serviços essenciais têm autorização para funcionar.

NÚMEROS
Atualmente, o Brasil acumula mais de 10 milhões de casos, com 9 milhões de recuperados e 251 mil mortes. Nesta quinta-feira (25), houve o maior índice de mortos em 24 horas desde o início da pandemia: 1.582 em um dia.

Leia também1 Grande São Paulo retorna à fase laranja de restrições
2 Bahia inicia nesta sexta-feira lockdown em todas as cidades
3 Israel vacina quase metade da população contra Covid-19
4 Governo irá comprar 20 milhões de doses da Covaxin
5 Covid-19: Número de vacinados no Brasil chega a 6,3 milhões

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.