Leia também:
X Bolsonaro expõe aglomeração de Renan Calheiros e filho em AL

Engenheiro vai a júri popular por matar a ex diante das filhas

Paulo José Arronenzi matou a juíza Viviane Vieira do Amaral Arronenzi no dia 24 de dezembro do ano passado

Pleno.News - 22/06/2021 10h00 | atualizado em 22/06/2021 10h28

Viviane do Amaral e o ex-marido, Paulo José Arronenzi Fotos: Reprodução/Redes Sociais

O engenheiro Paulo José Arronenzi, de 52 anos, será levado a júri popular pela Justiça do estado do Rio de Janeiro por ter matado a ex-mulher, a juíza Viviane Vieira do Amaral Arronenzi, de 45 anos, em 24 de dezembro do ano passado. A magistrada foi morta a facadas na frente das três filhas, as gêmeas de 7 anos e a mais velha de 9 anos, na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio.

A decisão, nesta segunda-feira (21), de levar Arronenzi a júri popular pelo crime de feminicídio foi do juiz Alexandre Abrahão Dias Teixeira, titular da 3ª Vara Criminal do Rio. O engenheiro foi preso por guardas municipais no local do crime e segue detido. O juiz considerou que, caso fosse solto, o acusado poderia coagir testemunhas do crime.

A mãe da juíza, Sara Vieira do Amaral, contou em depoimento à Justiça que a vítima e o engenheiro foram casados por 11 anos, período em que os contatos entre ela e a filha ocorriam mais por telefone. O marido mantinha a mulher e as filhas isoladas. Em razão do comportamento violento do engenheiro, Viviane propôs a separação em setembro de 2020.

A juíza foi morar com a mãe, mas o ex-marido nunca aceitou o divórcio. O irmão da juíza, Vinicius, confirmou em depoimento o comportamento violento do cunhado e informou que ele não assumia as despesas da família.

Testemunhas do crime também prestaram depoimento à Justiça e contaram ter notado um comportamento estranho do engenheiro, que andava de um lado para o outro pela calçada enquanto aguardava a chegada da ex-mulher. Assim que ela desceu do carro com as filhas, foi atacada pelo ex-marido com uma faca. Ele tinha outras facas guardadas na mochila que transportava.

*AE

Leia também1 Luciano Huck é vacinado contra a Covid-19 no Rio de Janeiro
2 Anitta entra para o conselho de administração do Nubank
3 Bolsonaro expõe aglomeração de Renan Calheiros e filho em AL
4 CPI marca acareação de Luana Araújo com coordenadora do PNI
5 Bretas entrega documentos que rebatem acusações de advogado

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.