Leia também:
X Justiça nega pedido da OAB para liberar verba para a Lei Rouanet

Enfermeira que ironizou CoronaVac é demitida no ES

Nathanna Faria Ceschim trabalhava na Santa Casa de Misericórdia de Vitória

Ana Luiza Menezes - 27/01/2021 21h16 | atualizado em 28/01/2021 10h17

Enfermeira que ironizou CoronaVac é demitida de hospital no ES Foto: Reprodução

No Espírito Santo, a enfermeira Nathanna Faria Ceschim foi demitida da Santa Casa de Misericórdia de Vitória após publicar um vídeo ironizando a CoronaVac, vacina desenvolvida pelo Instituto Butantan contra o novo coronavírus. O hospital emitiu uma nota sobre o caso, afirmando que “tomou todas as medidas cabíveis relacionadas ao assunto e que não mais se manifestará sobre o ocorrido”.

Em seu site, o Conselho Regional de Enfermagem do Espírito Santo informou que Nathanna é investigada pelo Conselho de Ética da entidade. As informações são do portal UOL.

– Infelizmente, [esta é] uma manifestação que gerou muita indignação entre os profissionais de Enfermagem e a sociedade. Antes de fazer uma publicação, avalie se não irá impactar negativamente a vida e a saúde das pessoas. A Enfermagem tem um papel social e educativo que não pode ser esquecido – destacou o conselho.

Por meio das redes sociais, a profissional disse que apenas expressou sua opinião.

– Estou com a consciência limpa. Não cometi crime algum. Em nenhum momento do vídeo fiz campanha contra a vacina. Apenas exerci meu direito, como cidadã, de expressar minha opinião, a famosa liberdade de expressão. Em nenhum momento eu debochei ou zombei dos mais de 200 mil óbitos que o Brasil teve.

A deputada federal Bia Kicis se manifestou sobre o caso e criticou a demissão da enfermeira.

– O mundo enlouqueceu. É a perda do senso das proporções – avaliou Bia.

O VÍDEO
No vídeo, que viralizou, Nathanna disse que tomou a vacina apenas porque queria viajar.

– Tomei por conta [de] que quero viajar, e não para me sentir mais segura. Uma vacina que dá 50% de segurança, para mim, não é uma vacina. Tomei foi água.

Post de Bia Kicis Foto: Reprodução

Leia também1 Cilindros: Hospital do Exército dobra capacidade de envase
2 MP do Amazonas pede a prisão do prefeito de Manaus
3 "Mortos não consomem", diz Doria em recado a comerciantes
4 Ventiladores desenvolvidos pela USP ajudam hospitais do AM
5 Governo não tem contrato com empresas privadas por vacina

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.