Leia também:
X Ex-marido de Carol diz: “Estou confortando nossa filha”

Encontro de conservadores defende governo de Bolsonaro

Associação Nacional dos Conservadores realizou seu 1º evento em Brasília

Ana Luiza Menezes - 29/04/2019 20h59 | atualizado em 30/04/2019 10h51

Participantes do 1º Encontro Brasileiro de Conservadores Foto: Reprodução

No domingo (28), a Associação Nacional dos Conservadores (ACONs) realizou o 1º Encontro Brasileiro de Conservadores, em Brasília. No evento foram abordadas pautas sensíveis ao Governo e ao Congresso, com debates com especialistas, parlamentares e movimentos sociais.

Ao todo, 68 movimentos, de 20 estados, se reuniram para manifestar apoio ao governo Bolsonaro. Foram criados grupos de trabalhos específicos para a construção de proposições referentes às ações dos movimentos em diferentes áreas do governo como Direitos Humanos Educação, Saúde, Previdência, Segurança Pública e Emprego e Renda.

Como parte da programação, aconteceu a elaboração de projetos que serão submetidos ao Congresso por parlamentares interessados. O encontro finalizou com uma carta de proposta aos movimentos sociais.

Representantes de movimentos estudantis de direita elaboraram e leram um manifesto contra a União Nacional dos Estudantes (UNE). Representantes do Ceará, que impulsionam o projeto Clodovil Presente, abordaram ainda a temática do conservadorismo-gay.

Três representantes do governo federal e um deputado federal estiveram presentes. O secretário da Previdência, Leonardo Rolim, conversou com os líderes dos movimentos, esclarecendo pontos da reforma da Previdência. Também compareceram Alessandro Rusevelt, assessor da secretaria da previdência social, e Antônio Vogel, Secretário executivo do MEC.

O deputado federal Márcio Labre (PSL-RJ) também participou. Ele apresentou aos presentes uma perspectiva parlamentar sobre a questão da reforma da Previdência.

Leia também1 Bolsonaro sanciona lei para prevenção de automutilação
2 'Bolsonaro não vai intervir nos juros do BB', diz porta-voz

Siga-nos nas nossas redes!
WhatsApp
Entre e receba as notícias do dia
Entrar no Grupo
Telegram Entre e receba as notícias do dia Entrar no Grupo
O autor da mensagem, e não o Pleno.News, é o responsável pelo comentário.